Facebook do Piratacast Twitter da Equipe Piratacast TV do Bau Piratacast, Diário de Bordo e Papo Pirata Feed do Site Feed do Podcast Assine no Itunes Entre em Contato

Piratacast 35 – Política!

10 / mar / 2012
Papagaio Pablito


Há quantas anda a política no país? Você sabe o que acontece “no meio” dela ou é só mais um na multidão? E os revolucionários do sofá, fazem alguma coisa? Foi (não) pensando nisso – e em mais alguma coisa – que Jabour_rio (@jabour_rio), Iskilo (@iskilo666e Junior (@junior_cq) chamaram Nelson Portugal (@Nerdanderthal) e Sergio Vieira (@sergiovds) para debater sobre um daqueles três assuntos que não se debate: POLÍTICA.

LINKS RELACIONADOS

- Ouça também: Impressões Digitais (Sérgio Vieira); AspiraCast e Discada Podcast (com participações do Nerdanderthal)
- Música de Abertura: Banda khorus – A voz do Brasil
- Away de Petrópolis – Imposto
- Charges.comBrasileiro canta “Dança do Créu”; Piriri Cá canta “Florentina”; Cotidiano – Nas mãos da Justiça; Sarney e Renan cantam” Borboletas”; Obama “Menos Um

CASAMENTO do Jabour_rio..                                                             ou mais conhecido como..

Vanessa e Maycon

Enlace Matrimonial de:

Vanessa Sousa da Silva e Maycon Martins Teixeira.

Pais da Noiva: Georgina e Severino.
Pais do Noivo: Sandra e Tony

Data do casamento: 12/05/2012.
Local: Igreja Santa Cecília, Bangu – Rio de Janeiro – RJ.

Lista de presentes no Ponto Frio (internet) - Código: 182950

Lista de casamento na Leader (loja física): Você vai na loja e pede pela lista de presentes dos noivos. (Código da lista: 114078)

Agradecemos muito a quem ajudar a construir o lar do @jabour_rio e @jabour_nessa!
 

MURAL DOS PIRATAS

Opine ou conte-nos alguma experiência pessoal relacionada ao tema no espaço de comentários abaixo ou envie um e-mail para o piratacast@piratacast.com que comentaremos no próximo PAPO PIRATA, o nosso podcast de feedback da galera.

EDIÇÃO e TRILHA SONORA: Iskilo (@iskilo666)

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


Opções de Dowload

FEEDS:
Quer ter todos os artigos do Baú Pirata e/ou os Podcasts
de forma automática direto no seu computador? Assine nossos feeds!

Categoria(s): Piratacast

83 marujos comentaram até agora...

  1. Nerdanderthal disse:

    Chupa aLx.
    I’m the FIRST!!!!
    Foi uma grande honra participar de um dos melhores podcasts do MUNDO!!

  2. Nerdanderthal disse:

    Vai aí um link que tem tudo a ver com a mentalidade da grande maioria dos políticos brasileiros – o personagem Justo Veríssimo do Chico Anysio
    http://www.youtube.com/watch?v=v5Hcf3eSA6w&feature=youtu.be

  3. Ivan disse:

    Parabéns, o podcast foi excelente, áudio, edição e principalmente conteúdo.
    E sinceramente, se não fosse a participação do Sergio Vieira acho que o episódio seria mais do mesmo, repetição de opiniões da revista veja, ele colocou o assunto em perspectiva e deu muito mais profundidade à discussão, sem ficar naquele esqueminha piadinhas para disfarçar que não sabemos do que estamos falando.
    Se voltarem ao tema, torço para que seja tão bom quanto este, e com as eleições para prefeito se aproximando o assunto é muito relevante, eu acho.

  4. Ivan disse:

    Bom, e como vocês moderam os comentários, provavelmente também não voltarei mais para comentar aqui. Boa sorte.

    • .
      Olha… realmente eu não sei porque o motivo de sua revolta, porém sinta-se à vontade para voltar… Ou não!
      .
      .

    • Junior disse:

      Quero a CPI dos comentários no piratacast, como assim moderamos comentários ?? Ivan aqui a única coisa que não existe é moderação ou manipulação dos comentários dos ouvintes, no baú o ouvinte tem o direito de dar a opinião que quiser até mesmo a de gostar do Cleverson por exemplo, agora realmente gostaria de saber o que moderamos no seu comentário?

    • iskilo666 disse:

      Ivan, foi o seu primeiro comentário no Baú, e o primeiro comentário de qualquer nome/e-mail cai automaticamente na moderação, para evitar Spam..

      É configuração padrão do WordPress.. No seu próximo comentário, já constará o seu usuário como aprovado, e não cairá na moderação, a não ser que tenha mais de dois links no texto, pois esse é outro filtro.
      .
      E concordo contigo em partes, e identifiquei bem o “esqueminha piadinhas para disfarçar que não sabemos do que estamos falando”, não vou negar que isso acontece com a gente as vezes, mas tem podcast que o programa é inteiro assim, ou o “personagem” principal do podcast paga de troll pq não tem formação pra opinar em nada..

      E isso não é só em podcast, é na vida, em qualquer bate papo. Há varias formas de vc manter uma conversa, mesmo não sendo expert no assunto, até porquê, em poucas vezes somos.

      E também reitero o que o Jabour disse, mesmo não tendo me doído que nem ele.. hehe. Sempre procuramos pegar um assunto inusitado para comentar, como vc pode ver nos links que ele colocou. E claro que não somos experts, mas somos piratas sem medo de navegar em qualquer mar!!
      .
      Esse é o nosso lema. DO WHAT YOU WANT, ‘CAUSE A PIRATE IS FREE!!

      • Danilo Luiz disse:

        Mancadas sempre rolam, em QUALQUER podcast, mesmo estudando muito sobre uma pauta, errar é humano.
        .
        E o legal da maioria dos podcasts, que ouço, é esse lance do papo descontraído. A pauta serve de guia, só que a conversa flui naturalmente.
        .
        Gosto muito de Café Brasil que é um programa roteirizado e gosto mais ainda quando ouço o Luciano Pires em outro podcast falando livremente.
        .
        E piadas e palavrões fazem parte da nossa conversa cotidiana, por que não trazer isso ao podcast? Claro que ninguém fica o dia inteiro fazendo palhaçada ou falando palavrão gratuitamente, pelo menos ninguém deveria.
        .
        Vou escutar depois comento o cast em si. Abraço.

      • Ivan disse:

        iskilo666, meu comentário foi elogioso, ressaltei a qualidade da edição, áudio e conteúdo, e observei, o que, do meu ponto de vista, foi uma armadilha que vocês poderiam ter caído e evitaram, e como enfatizei, achei que o Sérgio foi essencial para isto, certamente poderia ter sido muito bom sem ele também, mas avaliei e comentei o que ouvi, acho realmente que o trabalho que vocês publicaram é relevante e valeu a pena ter ouvido.
        Tenho por regra, minha, evitar comentar em blogs que são moderados, mesmo se gosto do conteúdo, acho que a liberdade deve ser para todos, diz a lei que todos são inocentes até que se prove o contrário, a moderação inverte isso, esse é meu ponto de vista.
        O Jabour me informou via twitter que a moderação é apenas para o primeiro comentário, como você avisou agora, também, eu respondi que concordava e voltaria a comentar quando tivesse algo que vale a pena dizer, crítica ou elogio.
        Obrigado por tentar entender meu ponto de vista.

    • jonathan disse:

      que pena! boa viagem, tenha uma boa vida…

    • Alan Gastaldi disse:

      Acho mais que certo moderarem os comentário, afinal, a nossa opinião é de “responsabilidade” do site, e como dizem, um homem prevenido vale por dois.

  5. Nerdanderthal disse:

    Como sempre, qualquer assunto que envolva política, dá nisso: DISCUSSÃO!!
    É o PC – Partido dos Comentaristas x PM – Partido Moderador. Ehehehe…
    Digo pro colega Ivan, ouvinte como eu, que, apesar de eu ter participado desse episódio, não há dúvida que o Sérgio foi convidado justamente por sua qualificação no assunto abordado.
    Acho que o espírito do episódio foi realmente alcançar o público ouvinte leigo (como eu e a maioria) e tentar esclarecer o assunto.
    Tudo que foi falado e gravado, está aí para ser ouvido, na íntegra.
    Conheço muito bem o pessoal do Piratacast e tenho certeza que jamais moderaram qq opinião das pessoas convidadas nas gravações, nem tampouco dos comentários e emails dos ouvintes.

  6. Renan Aspira disse:

    Vou ouvir ainda, mas já digo que tenho medo de vossas opiniões serem babacas. Já abandonei podcasts por causa disso e ficaria muito infeliz se isso acontece com os piratas.

    • iskilo666 disse:

      Cara, eu lembro de vc comentar em outros podcasts nossos, e essa veio de surpresa..
      .
      Só ouvir os nossos podcasts passados, que verás que sempre abordamos os assuntos da forma mais imparcial possível, e acho que vc pegou pesado no “babacas”..
      .
      De toda forma, aguardamos seu feedback após ter escutado, e se fomos babacas mesmo, pode falar.. hehehe :P

      • Renan Aspira disse:

        Não acho que vocês tenham sido babacas em nenhum outro podcasts, mas já ouvi outros podcasts que acabaram fazendo isso, oque me deixou um pouco temeroso, mas já ouvi e gostei muito do cast.

        • .
          .
          Então… Se vc nos conhece há tanto tempo de outros podcasts porque começar um comentário supondo que poderíamos ser babacas nesse? Isso ficou meio sem sentido, mas tudo bem, é sua opinião….
          .
          .

          • Renan Aspira disse:

            Eu não supus, já disse que estava temeroso enquanto a isso. o0

          • aLx disse:

            Renan, na boa, a melhor coisa a se fazer nesta sua situação é dizer:
            .
            PESSOAL, FUI INFELIZ NO MEU COMENTÁRIO. ME DESCULPEM!
            .
            Normal dar uma mancada ou outra nos comments… essa sua foi beeem triste!
            .
            Se você insistir em dar voltas, vai ficar cada vez mais acuado e sem saída. Vai ficar cada vez pior pro seu lado…
            .
            Segue meu conselho que vai mostrar q vc reconheceu sua pisada de bola.
            .
            Abraço.
            .
            aLx

      • Nerdanderthal disse:

        Aí, galera.
        Vamos deixar essa BABAQUICE toda pra lá, concordam?
        Pra mim, é tudo papo entre amigos, sem estresse.

  7. Voltando de um longo tempo sem comentar, mas neste tinha que aparecer….

    A proposta foi muito boa e o desenrolar do papo melhor ainda. A discussão acalorada deixou o cast com um gostinho de quero mais, muito bom quando se tem uma discussão de quem tem conhecimento de causa.

    Quanto à discussão sobre os Ministros do STF, o Junior e o Sérgio discutiram sobre o Art. 101, in fine, CF/88, no qual dispõe:

    Art. 101. O Supremo Tribunal Federal compõe-se de onze Ministros, escolhidos dentre cidadãos com mais de trinta e cinco e menos de sessenta e cinco anos de idade, de notável saber jurídico e reputação ilibada.

    Ou seja, o Sergio Vieira estava absolutamente certo (do ponto de vista legal), pois o que se exige é “NOTÁVEL SABER JURÍDICO” e não o Bacharelado em Direito.

    Porém, o Junior não estava de todo errado, pois como cita Pedro Lenza (Direito Constitucional Esquematizado 15 ed., p. 667), desde o parecer de João Barbalho (Senado Federal) em 1894 que destituiu os poderes de Ministro na época de Barata Ribeiro (que ficou só 10 meses no poder), passou-se a entender que:

    Todo Ministro do STF terá de ser, necessariamente, JURISTA, tendo cursado a faculdade de DIREITO.

    Pois bem, já me estendi no comentário, mas acho de grande importância que ficasse claro esse ponto do cast, o qual deixou o Junior “meio desacreditado”, sem ter o espaço para explicar seu posicionamento, e tomou como dono da verdade o caríssimo Sérgio.

    Finalizando meu feedback, gostaria de deixar aqui minha expressão de alegria, pelo fato do cast estar tomando outro rumo temático, pois como comédia, o cast estava em baixa (no meu conceito), e acredito que com essa nova visão daqui para a frente o piratacast só tem a evoluir.

    Abraços Marujos…,
    Atenciosamente, Marcos Wöhl.

  8. Renan Aspira disse:

    Ótimo podcast. Tava com medo de como tema seria abordado, mas gostei bastante.

    Tudo bem que o Sérgio realmente tem intimidade com o assunto, mas ele tava cortando todo mundo.

    Só achei um pouco infeliz e desinformado os comentários sobre a trapalhada da USP do ano passado, mas não foi nada demais.

    E sobre as revoltas não terem sido feitas pela maior parte da população,deixo a entrevista com o historiador Eric Hobsbawn: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2011/12/111231_hobsbawn_2011_1848_revolucoes_mm.shtml

  9. Diego Snake disse:

    Vou arriscar em dizer que esse é o melhor Piratacast de todos.

    Política, diferente de futebol, religião e novela, é algo que deve ser debatido continuamente. Cada um tem sua visão própria de sociedade e cidadania, por isso, é sempre bom ouvir pessoas debatendo e expondo suas ”versões”, não importando o grau conhecimento. Troca de informações resulta em aprendizado.
    Por isso eu digo, é essencial novos episódios com esse tema.

    É bom se divertir com temas leves? Sim, claro. Mas discutir nossa própria existencia como cidadinos, é de suma importancia.

    Estou desde já aguardando os próximos casts com essa temática.

    Abraços.

  10. Danilo Luiz disse:

    Uma das coisas que eu mais gosto no Piratacast, além da enorme abertura de feedback, é esse lance de falar sério de vez em quando. E acho que a nova classificação do Piratacast é muito válida. Tive que ouvir duas vezes o programa, a primeira só ouvi, já a segunda vez ouvi para valer fazendo anotações, é por isso que meus comentários são geralmente grandes. Tem podcasts muito engraçados como foi o último Papo Pirata (34) que foi muito melhor que o Nerdcast 300. E também muito podcast falando sério, como este programa, aquele sobre união homoafetiva (27), aquele sobre voluntariado (14) e outros.
    .
    Foram excelentes as participações do Sérgio Vieira e do Nerdanderthal. Faltou o Cleverson na conversa, só que aí acho que teria tomado não só um rumo diferente, como também seria muito mais extensa. As debatidas do Sérgio com o Iskilo666 e com o Junior foram demais. Me lembrou nos tempos de colégio que tínhamos que fazer debate, o pior é quando tinhamos que defender aquele candidato que não gostamos, o lado bom disso era encontrar qualidades naquele candidato e apontar os defeitos do nosso candidato preferido.
    .
    Achei que o tema Política veio bem a calhar este mês, já que recentemente tivemos o lance do SOPA e PIPA, está rolando o ACTA e a Lei Azeredo, e agora tem o lance do TPPA que vi no Twitter só que ainda não li.
    (…)
    .
    .
    Ditadura
    Gostaria de ouvir um programa inteiro dedicado à Ditadura. Inclusive, gostaria que trouxessem o Nerdanderthal e o Sérgio Vieira novamente para falar sobre o assunto. Aliás, o ideal seria uma série de 2 a 4 podcasts trazendo à discussão pessoas diferentes e que viveram na época da ditadura para falarem de seus pareceres. Gosto sempre de ouvir os dois lados, por isso é sempre difícil dar um parecer sobre as coisas, ainda mais que as pessoas não entendem que temos todo direito de mudar de opinião.
    (…)
    .
    .
    Partidos e Políticos
    Para começar, não sabia também que os Estados Unidos tinham vários partidos, geralmente só se ouve Republicanos e Democratas. Acredito que realmente hoje haja mais defesa de interesses do que ideologias políticas. E acho interessante separarmos política de economia, apesar de estarem muito ligadas.
    .
    Foi recente que me interessei por política, claro que ser mesário contribuiu, sem falar que a gente vai amadurecendo, vendo como os impostos afetam nossa vida e o plano que temos para ela. Acho que realmente me liguei em política, quando passei a receber meu primeiro salário CLT, na hora que eu vi que 1/6 do meu salário ficava com INSS e IRRF. Depois conheci vários podcasts, entre eles o Negação Lógica e o Café Brasil.
    .
    Concordo com o que o pessoal do Negação Lógica diz a respeito de que não deveriam haver partidos políticos. Oras, os nossos representantes devem defender os interesses da nação. Por outro lado, há de se lembrar que mesmo que todos tenhamos objetivos em comum, cada ser humano pensa de um jeito, há pessoas que defendam a pena de morte e há pessoas que não defendam, daí precisamos ter um representante para um grupo e para outro, hipotéticamente falando.
    .
    Em relação ao que foi dito sobre o Tiririca, o mesmo pode ser aplicado ao Enéas, que também trouxe consigo mais uns amiguinhos. Logicamente não faz muito sentido, já matematicamente faz. Analisando bem o caso, o fato é que temos um número X de representantes, isso não muda. Logo, ou você fica com um cara em overflow e traz mais uns consigo, ou você vai pegar caras que não foram tão votados que ficam cronologicamente na colocação de X representantes. O que dá quase no mesmo, exceto pelo fato que nada adianta colocar uma pessoa de um único partido, como disse anteriormente, na prática são defendidos interesses pessoais, logo para aprovação de uma lei ou qualquer raio que seja, você vai precisar de votantes. De nada vai adiantar uma pessoa do partido pirata propor uma lei se os membros do partido gordo não quiserem aprovar, então nessa hora, ter mais pessoas do mesmo partido contribui para a aprovação de tal lei. (Sim, eu fiz uma brincadeira podosférica)
    .
    (…)
    .
    Todo esse jogo de interesses pessoais é outra coisa que faz com que o modelo político atual seja um lixo. Gostaria que falassem mais um pouco de poderes legislativo, executivo e judiciário no Papo Pirata 35.
    .
    Apesar de não ter lido nada sobre o que o Tiririca anda aprontando, vi no Twitter que o Romário reclamou da ausência de seus colegas de trabalho, outro exemplo de um famoso que não esperávamos nada (claro que o fato do cara estar presente não diz muita coisa). Não acompanhei o que o Enéas fez, só achei chato o cara se candidatar tantas vezes e morrer quando finalmente conseguiu se eleger.
    .
    .
    Governo e Economia
    Particularmente não acredito no socialismo. Até acho que ninguém precisa ser miserável, só que não acho que com o tamanho da população mundial e espaço disponível na terra, seja possível dividir equalitariamente todos os recursos. Ainda mais que na sociedade humana sempre existirá uma anomalia da Matrix, brincadeiras à parte, sempre vai surgir uma pessoa que se julga melhor do que as outras e vai querer ascender ao poder. Por isso não acredito que o socialismo dê certo. Nem mesmo o anarquismo.
    .
    O que eu defendo é uma organização do governo como se fosse uma empresa. Transformar o governo numa empresa, onde cada um é pago para exercer uma função. Não estudei a fundo nem elaborei um teorema para essa minha proposta, mesmo porque isso impacta na economia. O que é fato nas empresas é que quando algum funcionário não faz o que está sendo pago para fazer, ele é demitido. E essa impunidade e imunidade toda com os políticos e funcionários públicos de modo geral é uma grande merda. Ainda que no caso dos funcionários públicos seja pior, já que não precisa de votos e nem de nenhum meio de renovação.
    .
    Indo mais além, lembrando novamente, que estou vendo só o lado político (não o econômico), se todos os gastos, obras, projetos de lei e etc, tivessem uma infraestrutura online e transparente, onde cada cidadão pudesse acompanhar, votar e sugerir o que a sociedade/nação precisa, seria um verdadeiro sistema democrático.
    .
    Agora, pensando pelo lado econômico, o problema do Brasil não é dinheiro e sim o seu mau uso. O que se paga de impostos dá para transformar o Brasil num país de primeiro mundo. Só que políticos recebem demais e trabalham muito pouco, isso sem falar nos desvios. Por isso, não vejo tanta utilidade em termos tantos políticos. Teve até um caso não muito recente de um político que optou por receber somente o salário e deu uma economia enorme aos cofres públicos. Falta o espírito de NAÇÃO no brasileiro, sei que existem diferenças entre os estados, no entanto não faz sentido que em um estado exista uma lei e no outro não. Logo, não vejo por quê manter deputados estaduais e senadores, bem como os vereadores.
    .
    Algo que se não me engano foi o Doutor Junior que falou, é que político deveria ter uma qualificação para exercer sua função. O que penso já há algum tempo é que uma pessoa para me representar tem que ser melhor que eu. Então eu não votaria em alguém como o Lula por exemplo. Sei que na vida existem coisas que a experiência de vida vale mais do que o que está nos livros e tem coisas na vida que experiência de vida não é o suficiente, é necessário ter uma base didática.
    .
    Talvez a idéia de transformar o governo numa empresa vá contra a idéia de democracia de poder eleger seu representante. Por outro lado, se o governo não presta, os funcionários públicos são outra parcela. Como disse acima, tem muito funcionário público que caga para o que está acontecendo. Fizeram um concurso público, mostraram aptidão para o cargo (ou não, já que teoria e prática são coisas muito diferentes) e depois sugam o dinheiro do “governo”. Esse descaso dos funcionários públicos, sejam políticos ou não, é o que fode com a população. Em ambos casos eles vão receber seu salário se trabalharem ou não. Já que é assim, no momento revolta do texto, privatiza tudo de uma vez.
    .
    Só complementando o que disse, não adianta termos CPIs e diversas leis se todo mundo fica impune. Quanto à execução de leis, acredito que há muitos advogados que procuram brechas e interpretações nas leis para livrar a cara de bandidos da cadeia. Em relação às CPIs é a mesma coisa, não adianta fazê-las, se um ou outro renuncia o cargo e depois sai livre. Outra coisa é que além de faltar educação na população, o sistema carcerário brasileiro não corrige ninguém, só coloca infratores ao contato com os bad guys e aí sim que eles também se tornam bad guys. Então, nenhum desses políticos corruptos são presos e qualquer um que seja preso não será corrigido, sem contar nas regalias que esse povo tem se por acaso forem presos. Acredito que precisamos de uma nova constituição e verdadeiras formas de correção no regime carcerário.
    .
    Quanto ao que disseram sobre o Lula em 1989, realmente ele faria uma revolução se fosse eleito. Eu sei que as pessoas amadurecem, mudam de opinião e etc, só que aquele Lula de 1989 (ano que eu nasci) era um Lula cabra macho e hoje é aquele cara quieto na dele, amiguinho de todo mundo. Sugiro que assistam o documentário Muito Além do Cidadão Kane, que entre os entrevistados, traz o Lula. É aquela coisa, eu não gosto do Lula, não acho que ele me representa, só que eu respeito o cara. É claro que tem muita gente que perde os dedos e não faz corpo mole, continua trabalhando. Tem um primo do meu pai que é marceneiro e os dedos da mão dele são quase bem me quer, mal me quer.
    .
    Não sei se aquele Lula de 89 transformaria o governo em socialismo, de qualquer forma, como disse não acho o socialismo viável em seres humanos. Acredito que talvez o Lula limparia o governo, só que não acho que ele implantaria um sistema forte como é o real. Felizmente ele foi bem acessorado e apesar de não ter feito muita coisa, também não cagou tudo de vez. Só esse lance de bolsas família é que não cola.
    .
    Educação
    Mais no final do cast vocês falaram sobre a educação. Concordo com o aLx quando digo que todos problemas estão ligados à falta de educação. Para o atual governo não é vantajoso que a população seja inteligente, senão haverão cobranças e eles serão depostos. Por outro lado, sem educação não adianta descobrir pré-sal ou incentivar a indústria eletrônica brasileira (em outras palavras, não adianta taxar todos produtos eletrônicos estrangeiros como forma de incentivar a industria local, se não há qualificação/mão-de-obra para concorrer com os produtos importados [a propósito, isso é uma sequela da ditadura]).
    .
    Fiquei contente em saber sobre a volta de aulas de música, ainda que não tenha tido na minha época, teve na época dos meus pais. Ouvi certa vez, se não me engano no Café Brasil, que gosto pode ser aprendido. E quando a gente aprende o que é música de verdade, a gente começa a ser mais criterioso. Quem sabe assim a gente se livra do funk carioca (…).
    .
    (…)
    .
    Acho que a metodologia de ensino sobre todas as matérias deveria ser de acordo com a história humana, claro que português foge um pouco desse esquema, só que seria muito mais lógico saber sobre a teoria evolutiva (ainda que elaborada mais recentemente) para chegarmos nos primeiros homo sapiens, primeiras formas de escrita e de cálculo, primeiros sistemas de sociedade, primeiras religiões, para então chegarmos nos dias atuais. Enfim, saber o histórico do mundo como um todo, em todas as matérias. Apesar de abominar quem escreve errado, nunca fui muito fã de Literatura Luso-Brasileira, por causa de uma questão de contexto. Sem todo este contexto mundial, nada faz sentido.
    .
    Como já expressei acima, talvez fosse legal que o sistema de ensino funcionasse cronologicamente com a história da humanidade. Claro que o século mais legal para estudar seria o século XX hehehe. De toda forma, realmente há muito incentivo em matemática e português, mesmo assim dá nojo ver como as pessoas escrevem no Facebook (no Twitter eu sigo só quem sabe escrever e esse povo que costuma não saber escrever não é chegado a Twitter).
    .
    Concordo com o Sérgio ao dizer que deveríamos incentivar os jovens a fazer o que gostam e não o que dá dinheiro. Fazendo aquilo que se gosta, com amor e dedicação, é possível sim fazer dinheiro. Continuo sem entender o pavor que o pessoal tem de matemática, acho que é algo que ficou enraizado na cabeça do brasileiro, é como ter medo de fantasma, algo que vai sendo passado de geração em geração.
    .

    Tudo que há de bom e de ruim no Brasil acaba sendo uma questão cultural. E brasileiro segue muito a lei de Gerson, sempre quer um ser melhor do que o outro. Ao mesmo tempo que isso ocorre, existe também muito protecionismo por parte dos pais. Vivemos uma sociedade de pessoas medianas. Ninguém quer tirar a maior nota, querem estar sempre na média, tirar a nota que precisam para passar. (…) Claro que também não acredito que precisamos pensar como os estadounidenses que o 2º lugar é o primeiro dos perdedores, só que seria legal se houvesse mais incentivo para que as pessoas se esforçassem mais. (…)
    .
    Por fim, o que vocês comentaram sobre bolsa família, vejo que é mais uma forma de desperdiçar dinheiro. A começar que todo mundo deveria ter direitos iguais, ninguém deveria ter privilégio nenhum, afinal ninguém é menos capaz que ninguém. Por esse motivo que não vejo sentido nessas bolsas e quotas que se criaram. O que é preciso ter é educação preventiva, ensinar que se você não tem dinheiro não deve fazer filho. (…)
    .
    Abraço e parabéns pelo ótimo podcast.

    • Diego Snake disse:

      Cara, tu propos vários temas excelentes e que, por si só, de fato merecem um piratacast em separado de cada um deles.

      Política é um assunto que engloba inúmeras coisas. E seria interessante aborda-los com mais calma. É tema para, no mínimo, 5 Piratacasts.

    • .
      .
      Esse comentario deu trabalho pra ler evai dar mais trabalho pra comentar lá no Papo Pirata. hehehe
      .
      .

    • aLx disse:

      Afff Maria!
      E olha que eu tenho a versão sem cortes! kkkk

      O Danilo usa um teclado novo a cada comentário que faz aqui no Pirata. Depois, dá pra usar mais um pouquinho no Na Calçada mas qdo chega no Negação Lógica, o teclado arrega!

      kkkkkkk

      Depois leio com calma pq agora tô acelerado aqui.

      Abrasssssss.

      aLx

      • Danilo Luiz disse:

        Escrever muito ou pouco depende do tema.
        .
        Aliás, quando você falou de teclado novo, olhei para meu teclado agora e a única tecla que está um pouco apagada é o Shift direito, isso que meu pobre teclado tem quase 3 anos.

  11. Vlage disse:

    Quando lí o tema eu sinceramente achei que seria chato ouvir esse cast. Mas não. Fiquei surpreso com a abordagem do tema e gostei muito das discussões que foram abordadas. Parabéns rapazes.

    • aLx disse:

      Pô, pq todo mundo fala que conversar sobre política é chato?
      .
      Precisamos perceber que este assunto deve ser, pelo menos, normal pra gente, senão vamos continuar na mão destes bandidos!
      .
      Temos que, pelo menos, entender como as coisas funcionam.
      .
      Abraço.
      .
      aLx

  12. aLx disse:

    Boa tarde, Flibusteiros.
    .
    Não tenho muito o que dizer, simplesmente continuo afirmando que é tudo questão de educação. Enquanto não formarmos uma geração que tenha educação como alicerce, não teremos um país de pessoas patriotas e honestas.
    .
    Lembro que vi, em algum lugar, um político no NE prometendo que, SE ELEITO, iria mandar prender o Bin Laden!
    .
    As pessoas realmente não sabem as funções que irão exercer e o que se deve cobrar de seus candidatos. Lastimável.
    .
    Achei sensacional a discussão sobre o caso Battisti acelerada. Dei muitas risadas aqui!
    .
    Abraços a todos.
    .
    aLx

    • Nerdanderthal disse:

      Foi justamente nessa tese que eu me prendi no cast.
      Somos, na grande maioria, leigos em política como um todo. Não há interesse dos homens que formam a cúpula política do país, que o povo seja instruído sobre os afazeres, limites, direitos e deveres dos 3 poderes. Assim eles manipulam as massas, iludem os eleitores e se mantém empregados por muitos anos.
      Power to the people!
      Tenho dito!!

      • aLx disse:

        Pois é… nossa população é muito facilmente manobrada. Enquanto se distraem com Carnaval e BBB não prestam atenção no que realmente importa.
        .
        Se bem, que nem fora destas épocas se importam muito.
        .
        Minha professora de História no colégio — beijo D. Rose… vai que ela é ouvinte do PirataCast, né? — falava que quanto mais ignorante uma população, mais fácil esta população é de ser guiada pelos seus governantes.
        .
        E olha que o ensino público na época não era esta brincadeira de hoje em dia.
        .
        ISTO É UMA VERGONHA!
        .
        Abraço.
        .
        aLx

  13. Fabio Miklos disse:

    Alô amigos da bandeira negra com ossos cruzados.
    Sei que não sou um comentador assíduo,é que ouço uns 80 podcasts por semana e se fosse comentar em todos,não faria mais nada da vida senão isso…
    Mas ao ouvir este ultimo podcast sobre política, não podia deixar passar em branco / e esse eu tinha que comentar.
    Pois, confesso que em certos momentos me senti como, se tivesse ali no meio da discursão;acuado no canto … sem ter o que fazer com uma puta cara de bunda, quando o Sergio Vieira discutia seus pontos de vista contra as idéias do Junior… Orra meu, Tenso pra caralho essa porra heim, hehehe. Brincadeiras a parte, o podcast foi excelente e enriquecedor de conhecimento; pois ouvindo o mesmo aprendi muita coisa que não sabia.
    No mais é isso … abraços.

  14. Lucas Amura disse:

    Espetacular o episódio!

    Podcast como deve ser: divertido, descontraído e informativo. Isso sem falar na edição impecável.

    Foi um dos melhores que já escutei do PirataCast, na minha modesta opinião.

    Parabéns a todos!

  15. Olá piratas, meu nome é André, tenho 20 anos, universitário em história da arte e podcaster no paginainacaba.com. Na minha opinião de merda, foi o melhor piratacast que eu já ouvi. Em algumas escolas as matérias de artes (música, cênicas e visuais separadamente ou não), filosofia e sociologia já são ensinadas. Porém são tratadas como “vômito de informação desnecessária” não só pelos alunos mas também – algumas vezes – por parte das cabeças (diretores, coordenadores, professores de outras disciplinas), isso é tão visível que se você só reprovar nessas matérias, é provável que o ‘conselho’ passe o aluno de ano mesmo se ele não fizer a prova de recuperação(fato que já vi acontecer). É ridículo esse posicionamento de tratar matérias importantes para a formação de indivíduos atuantes em sociedade como “um pacote de informações desnecessárias”. No mais, um forte abraço, continuem sempre com esse ótimo trabalho e visitem o paginainacabada.com e o 3.14 podcast.

    • aLx disse:

      Brother, hoje em dia, mesmo reprovando em Matemática, Português, História e Geografia NO MESMO ANO é perigoso o aluno passar.
      .
      Não viu nada sobre EDUCAÇÃO CONTINUADA?
      .
      O aluno não reprova mais.
      .
      Só na vida! E só vai descobrir isso com vinte e poucos anos qdo perceber que é um zé bosta.
      .
      Mas aí já é tarde e a preocupação dele vai ser ver a gostosa do BBB e tomar uma catcha!
      .
      abraço.
      .
      aLx

  16. Salve marujos!
    Parabéns pela ótima discussão!
    O povo precisa sempre buscar informações e discutir politica, pois somente assim teremos a oportunidade de um Brasil melhor.
    Abraços e sucesso!

  17. Kio (Caio Cesar) - 40 anos - Salto/SP disse:

    Salve, pirataiada.

    Acho que desta vez terei que remar um pouco contra a maré e tecer algumas críticas negativas.
    O que se viu em boa parte do programa foi discussão sobre definições envolvendo política, em detrimento de um tempo maior para a discussão efetivamente sobre o tema.
    Em vários momentos achei que as intervenções do Sérgio (necessárias, diga-se) foram resposta a uma pauta pré-programada com várias incorreções, que não tardou muito a cair por terra, uma vez que foi alvo de continuadas discordâncias.
    Não que isso tenha sido em 100% dos casos, como bem explicou o Marcos Wöhl (marwoh) com relação aos ministros do STF, tanto Sérgio quanto o Júnior tinham lá suas razões, mas “defendidas” com menor eficácia (ou emoção) pelo Junior.
    Além disso, torço para um repeteco com este elenco para revisitarem o tema, conseguindo fazer com que a vivência (não só o conhecimento) dos srs. Sérgio e Nerdanderthal no assunto seja explorada (coisa que o Jabour tentou puxar da pauta 2 ou mais vezes, mas sem conseguir).
    Quero deixar claro que TUDO valeu a pena, ainda que ache que poderia ter melhor aproveitamento, a discussão foi válida. Creio que todos devemos ter responsabilidade política, sabendo que um voto é sim parte importante do processo político e, ainda que encarado como a gota no bico da ave, é capaz de ditar o rumo de um país (apagar um incêndio).
    .
    Mudando um pouco de pato pra ganso, agora sobre educação. Com suor mantenho minha filha em escola particular desde o início e, ainda que se critique o ensino público no Brasil (que é inferior ao particular, não nego), acredito que o que efetivamente vai ditar o futuro de uma criança não é o modelo de ensino a que ela está sendo exposta, e sim a educação familiar. Claro que com um ensino deficitário será mais difícil, mas quem deve ditar o ritmo da criança são os pais. Foi dito que hoje a preocupação é “programar” o jovem a se tornar apto para um vestibular, concordo. Vejo isso acontecendo na minha frente, mas não perco de vista os anseios e pretensões da minha filha, para que não se sinta escravizada pelo sistema imposto. Estimulo a criatividade, mostro o lado bom das coisas e, principalmente, mantenho longe a cultura americana do winning x loser que tanto vemos nos filmes de High School e, infelizmente, são a cópia exata do que acontece nos EUA.
    Por mais utópico que pareça, quero crer – e fazer crer – que somos capazes de fazer qualquer coisa, basta que tenhamos empenho para tal. Não é nenhuma “parada seicho-no-ie” ou “gotas de sabedoria”, apenas trabalhar a cabeça para que o dia a dia seja mais agradável e, por que não dizer, suportável em determinados momentos.

    Enfim, comentário gigante… também sai um pouco da pauta, mas sou fã de vocês e acredito que, acertando ou errando, o trabalho é feito com muita dedicação e seriedade.

    Abração.

  18. Nerdanderthal disse:

    Essa eu li na Internet, mas não sei quem é o autor.

    “Navegando há vários meses sem que OS marujos tomassem banho ou trocassem de roupas, o que não era novidade na Marinha Mercante britânica, o navio fedia.
    O Capitão chama seu Imediato:
    - Mr. Simpson, o navio fede. Mande OS homens trocarem de roupa!
    - Yes, Sir!
    Simpson reune seus homens e diz:
    - Sailors, o Capitão está se queixando do fedor a bordo e manda todos trocarem de roupa. David troque a camisa com John. John troque a sua com Peter. Peter troque a sua com Alfred. Alfred troque a sua com Fred…
    E assim prosseguiu. Quando todos tinham feito as devidas trocas, ele retorna ao Capitao e diz:— Sir, todos ja trocaram de roupa.
    O Capitão, visivelmente aliviado, manda prosseguir a viagem.
    Você acaba de entender exatamente o que é o Brasil no governo atual.”

    • iskilo666 disse:

      Isso que é convidado bom, achando uma paródia perfeita, e linkada à tematica pirata do podcast!! Hehe..
      Só tinha que ter trocado a Marinha Britânica por um Navio Pirata.. Mas num Navio Pirata não achariam “roupas limpas” nunca.. Então tá explicado, o Brasil é um Navio Pirata sem roupas limpas.. :P

  19. ola pessoal, eu fiquei muito dividido entre gostar muito deste Podcast e não gostar nada, porque? O Assunto escolhido precisa ser debatido, e não tem outro podcast mais gabaritado para tal, Foi assim com o Programa Saindo do Armário meu favorito dos Piratas, e vocês mais o convidado realmente sabem do que estão falando.
    Porem, acho que a linguagem usado no podcast não chegou aos leigos em geral, eu não sei se a ideia era despertar nos alienados o desejo de conhecer melhor o assunto, só que acho que vocês falaram para pessoas que já tinham algum conhecimento, por esta razão estou na duvida se foi um programa foda ou apenas bom, abraços!

  20. Caramba, que aula de política, o Sérgio mandou bem, o Nelson tb não ficou atrás, boa discussão sobre o assunto, boa escolha de convidados! Falar de política é complicado, as pessoas tentem a deixar de lado, então tudo que se falem sobre, é valido!
    Eu fico puto com alguns amigos que “acham” que vão abrir meus olhos falando que o partido dele é melhor, mas pra mim, todos são farinha do mesmo saco! Agente procura o menos ruim! Agora não tem quem me faça votar no PSDB, Demo e PMDB, este ultimo é o pior, pois sempre se associa quem estiver no poder!
    Valeu, espero mais casts sobre o assunto!
    Bené

  21. Yuri disse:

    Sério, esse foi um dos melhores podcasts que já ouvi, parabéns a todos os participantes!

    Sabe o que eu acho o maior problema dos brasileiros: só sabem reclamar, mas tentar mudar alguma coisa que é bom… NADA! E isso inclui todos os brasileiros (eu, tu, ele, nós…).

    É uma vergonha você ir pra escola e ser “obrigado” a estudar uma matemática que não servirá pra nada (e sim, tem muita coisa que não serve pra nada, a não ser que você siga em uma área relacionada) e não estudar, politica, cidadania, etc, que são coisas essenciais pra vida de qualquer cidadão. O Brasileiro não conhece a própria história do país, coisa que deveria ser primordial.

    Politica é um assunto muito extenso e interessante, porém pouca gente se interessa (me incluo nessa, apesar de gostar do assunto), muitas vezes eu prefiro ouvir/ler, mas não me envolver.Eu sei que isso esta errado, mas como falei, isso é problema do próprio brasileiro, e eu sou um brasileiro.

    Espero que o podcast desperte o lado politico de cada um (e isso aconteceu comigo), e que as pessoas procurem mais conhecimento, sobre tudo!

    Parabéns pelo ÓTIMO podcast! Acho que consegui expressar o que eu queria dizer :)

    PS: Junior, é CIDADÃOS, e não CIDADÕES.

  22. Angelo disse:

    Gostei do cast apesar de, em alguns momentos, ficar indignado com a atitude do Sérgio de impor suas idéias, sem deixar muito espaço para a argumentação dos outros participantes e às vezes não ouvir o que estavam tentando dizer. Ele parece não disposto a ouvir – e respeitar – outras opiniões diferentes das suas.

    Se não fosse as ações do Jabour como intermediador e a presença do Nerdanderthal para dar uma quebrada no clima – às vezes tenso – o cast teria perdido seu brilhantismo.

    Não conhecia o Sérgio, mas deu para ver que ele conhece muito de política e história brasileira. Adicionei-o em meu twitter para conhecer um pouco mais da opinião do camarada.

    A edição merece nota 10. A acelerada na discussão do Junior com o Sérgio e os áudios incluídos entre os blocos ficarão excelentes.

    Parabéns.

  23. FrankCastle disse:

    Fala aí galera! Gostei muito desse episódio! Até comentei no Twitter que achava que a maioria do pessoal ia achar chato pra caralho, mas o Jabour me disse que foi bem pelo contrário. Então já deixo meu “voto”para um segundo Podcast sobre Política no futuro!

    Depois passo aqui de volta para ler os comentários, até mais! (mas se eu não voltar, fica dado o meu recado)

  24. aLx disse:

    Caramba… confesso que estou feliz em ver que este Episódio continua gerando tanto feedback.
    .
    Que bom que a galera também curte um bate-papo mais sério.
    .
    Abraços à todos, menos ao Clevs.. ele sabe pq!
    .
    >=(

  25. [...] Piratacast 35 Politica Onde Nerdanderthal Faz nosso Jaba e os Piratas deixaram! [...]

  26. Caras, nesse episódio vocês arrebentaram! Botaram o Piratacast nos (sem tom jocoso) anais dos podcasts.
    (Mas se for no do Dudu, o Maicon deixa.) #Sacanagem!

    Eu sou completamente despolitizado, não chego a odiar mas quando alguém começa o assunto faço cara feia. Sei que não me interessar sobre o assunto me faz ser mais um “boi de manobra” mas o que me faz ser completamente desinteressado é radicalização da politica no Brasil.
    Parece que é necessário qualquer um ser de um lado ou de outro, ou PSBabaca ou PeTurbado e isso me deixa muito irritado. Eu não defendo um partido ou um candidato, prefiro defender boas ideias, bons projetos ou bons mandatos.

    (Caso queiram trocar os nomes do fato que direi agora fiquem a vontade).
    Uma vez estava dando um Globo Repórter sobre a plataforma P-55 na cidade de Rio Grande – RS. A cada argumento que a repórter dizia sobre o crescimento da cidade, o pai da minha namorada pronunciava a frase: “- Culpa do Luis.”
    Não podia sair da sala pois estávamos na casa de uns parentes dele, mas cada vez que ele dizia a “celebre frase” me irritava muito. E o mensalão, não é “culpa do Luis” ninguém ter sido punido?
    Na família da minha namorada, a maioria é PeTurbado. São do tipo que não assumem que a Presidente solta “pum”. Nas eleições, somente a minha namorada percebeu que a Presidente seria eleita por “culpa do Luis”, pois ninguém sabia das pretensões dela além de ela não ter carisma nenhum. Se bem que o outro candidato querer pagar de “Zé Povinho” foi de matar também.

    Enfim, gostei muito desse episódio pois foi um ótimo debate de política onde aprendi muito, mesmo não sendo um cara politizado.

    Valeu por esse episódio e abraço a galera do Bau Pirata!

    PSone: Desculpe o comentário enorme, talvez até meio off-topic.
    PS2: Jabour, se a tua lista durar até Maio e eu conseguir me firmar no novo emprego, eu compro um presente para ti.

  27. Igor Lins disse:

    Pirataiada, demorei para ouvir o podcast, mas pelo fato de ter sido um episódio tão interessante venho aqui pedir bis do assunto, pois foi um dos melhores Piratacasts, por diversos motivos, já publicados.

    Gosto muito dos episódios mais sérios, a propósito.

    Abraços,
    Igor Lins, 20 anos, Coari – AM

  28. Nelsu disse:

    Ficou bem bagunçado, mas não ficou ruim. A bagunça foi pq um falou por cima do outro, mas falar sobre política sempre dá nisso…

    Gostei da conversa! Ainda não tinha escutado um podcast sobre política.

    Essa de chamar advogado de “Doutor” eu só descobri pq eu não queria tratar os advogados da minha empresa como tal (de birra mesmo. Na verdade, nem me importo). Então, é engraçado como as pessoas chamam de “Doutor” todo advogado, mas nem sabem o pq…

    A propósito, cade o João Clever?

  29. Maick Costa disse:

    Que cast sensacional!

    Depois desse longo debate e que, com toda a certeza, não se encerra aqui a maior lição a ser aprendida e repassada para as futuras gerações é: desenvolva senso crítico. Para tudo! Principalmente política, que rege sua vida.

  30. Ednaldo disse:

    Eu achei muito informativo esse Cast, apesar de não gostar muito do assunto Política curti e achei interessante. Parabéns pelo Cast.

  31. jonathan disse:

    PQP Sergio e Junior , DEIXEM DE SER MAL EDUCADOS!

    desculpa odeio gente interrompendo um ao outro

  32. Alex disse:

    Achei este podcast muito bom parabens caras foi um dos mais interessantes temas que voces abordaram

  33. [...] comentam a repercussão politicamente correta (ou não) do Piratacast 35 – Política! e Diário de Bordo 14 – Pilatas [...]

  34. Fala, seus piratas!

    Elogiei vocês no Twitter e agora estou aqui pra pagar o salário que todo podcast merece: comentário.

    O papo foi espetacular. Vivemos alienados, na verdade, e por causa disso, não discutimos política no nosso dia a dia. O triste é saber que a alienação é a principal ferramenta que quem está no poder usa pra manipular o eleitorado.

    O povo é gado e, como gado, é conduzido pra onde o dono quer. Nós que estamos no meio da boiada e enxergamos um pouco, temos a obrigação de abrir os olhos dos outros que não enxergam.

    Recomendação de leitura: “1984″ de George Orwell3

    Abraço.

    Thiago Ibrahim do Podcast No Barquinho

  35. Almighty disse:

    Múltiplos “parabénses” aos piratas! Excelente bate-papo, acertou em cheio vários temas interessantes.


    .
    @jabour_rio, @iskilo666, @junior_cq,
    @cleverson, @piratacast, @baupirata