Facebook do Piratacast Twitter da Equipe Piratacast TV do Bau Piratacast, Diário de Bordo e Papo Pirata Feed do Site Feed do Podcast Assine no Itunes Entre em Contato

Piratacast 32 – Compras na Internet

10 / dez / 2011
Papagaio Pablito


Como você se sente na hora de comprar alguma coisa pela internet? Acha que é seguro? Já sabe o caminho das pedras ou prefere não correr o risco e se mantém na boa e velha loja tradicional? É para desmistificar os grandes problemas e dúvidas que todo mundo tem (ou já teve) e tentar acabar com o seu medo de comprar pela internet que Iskilo (@iskilo666), Junior (@Junior_cq) e Cleverson (@cleverson) convidaram André Campana (@andreabou) do Portal HotMoneyReifison (@Reifison) do Busca Descontos  e o Fabio Vasques (@bdslegendados) do Blu-rays Legendados para um bate-papo totalmente comercial.

OUÇA TAMBÉM:
– Podcast After Market

LINKS RELACIONADOS:
Blu-rays Legendados
Busca Descontos
Revista HotMoney
Audible
Google Shopping
Videos do Magazine Luiza

FRANQUIAS DO BAÚ PIRATA:
Submarino
Saraiva
Wallmart
Dell
Amazon – Estados Unidos
Amazon – Inglaterra
Play-Asia – Jogos em Hong Kong
Deal Extreme – Tranqueiras da China com Frete Grátis
Made in China – Outlet de Roupas na China também com Frete Grátis

Opine ou conte-nos alguma experiência pessoal relacionada ao tema no espaço de comentários abaixo ou envie um e-mail para o piratacast@piratacast.com que comentaremos no próximo PAPO PIRATA, o nosso podcast de feedback da galera.

EDIÇÃO e TRILHA SONORA:
Iskilo (@iskilo666)

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


Piratacast 32 – Compras na Internet
Download MP3 64k
Download ZIP 128k

Quer ter todos os artigos do Baú Pirata e/ou os Podcasts
de forma automática direto no seu computador? Assine nossos feeds!

    

Categoria(s): Piratacast

42 marujos comentaram até agora...

  1. Felipe Rosa disse:

    Este PirataCast caiu como uma luva para o momento que passo atualmente. A poucos meses comecei a comprar online, duas compras até o momento. Vou baixar agora este episódio e tenho certeza que será de grande ajuda, assim como o sobre media-centers. Obrigado Piratas.

  2. Alexandre disse:

    Teve uma vez que um cara tava na Saraiva vendo o iPad 1 e o vendedor “Ah, divido em X vezes pra vc e bla bla bla”. Aí eu virei pro cara e falei “Voce tá sabendo que vão lançar o 2 semana que vem né?”. E a Saraiva perdeu uma compra hahaha.

    Quanto à “comentar” os produtos, eu comento quase todos, mas por incrível que pareça nunca apareceu no site…

    Vocês podiam fazer um sobe compras internacionais, mas específico… Parabéns! Vou acompanhar o podcast

  3. Jefferson disse:

    Wow, também me caiu como luva, to comçando agora no mundo de compras online, download iniciado!!!!!!!

  4. jonathan disse:

    Muito bom o cast, sou desenvolvedor web e estou focando em desenvolvimento de e-commerce e venho estudado muito últimamnte, o piratacast é um dos poucos podcasts que vejo a possibilidade de falar de um ótimocast sobre o assunto,

    esse negócio de ficar educando vendedor vou te contar ein, maior punheta para o ego isso, eu fiz algumas vezes mas depois só me irritava – na maior parte dos casos o sujeito só olhava embasbacado e não entendia nada, mas ta valendo kkkk

    bom vou compartilhar um pouco do que acho que faltou:

    1) o Júnior que é nosso especialista legal vai confirmar:
    No brasil especificamente para vendas remotas , por telefonicas ou internet, existe sim retorno de compra, mas é muito dificil de fazer e você tem que pagar o frete! segundo o código de defesa do consumidor você tem até 7 dias para retonar o produto , independente se você gostou ou não dele.

    já dixei de comprar numa loja (binoculos.net) porque a atendente me disse que
    eles não aceitavam devolução em caso de defeito (duas coisas ilegais só nessa frase)

    2) Hoje um dos principais problemas para os lojistas que não são grandes atacados é o frete, fora os problemas conhecidos do correios, mais ou menos perto do meio do ano eles realizaram uma mudança Drástica no sistema de tamanhos e cobrança dos fretes, muitas lojas pararam de ser atendidas completament pelos correios. O que é interessante , básicamente uma estatal limitou a parcela da sociedade que eles atendem.

    É muito facil de se entender porque a amazon achou que deveria criar um sistema de transportes próprio, qualquer um que já trabalhou com transportadoras sabe como é arcaico a forma de trabalho delas no brasil (o próprio sistema de conhecimento de frete está anos luz atrás do de notas fiscais), mesmo as grandes são extremamente dificeis de se lidar, parece que ainda estão em 1990.

    3) Cuidado com as opiniões nas lojas, elas são muito bonitas, mas raramente são completamentas ou não foram manipuladas ou fraudadas, já que o sistema é controlado pela loja.

    4) outra dica é cuidar muito com os menores preços, algumas lojas colocam o preço lá em baixo, mas quando você compra o frete rebate esse desconto.

    5) achei que faltou mais dicas de como verificar a credibilidade da loja virtual:

    -Melhor amigo do comprador: reclameaqui.com.br , o reclame aqui é otimo para ver se a loja já fez alguma cagada com alguém e até o momento se mostrou totalmente confiável , eu e meu pai ja fizemos diversas reclamações e nenhuma foi removida.(diferente de outros sistema de avalização como e-bite o embutido no buscapé). A dica é:

    Faça a pesquisa pelo nome da loja e leia as reclamações:
    veja se eles respondem as reclamações dos clientes,
    veja qual o principal motivo de reclamação, Se existirem muitas reclamações e principalmente muitas sem respostas é melhor evitar a loja.

    Claro tomem cuidado, tem muita gente que usa o site como terapeuta e tem muito cliente que reclama de má fé no site, mas a empresa que responde é aquela que procura manter sua boa imagem e atender bem o cliente.
    Por exemplo: pesquisem o submarino, eles fazem diversas cagadas, mas sempre respondem e a maioria dos clientes sai satisfeito.
    Agora pesquisem http://www.leader.com.br, e veja o terror que é essa loja.
    o mesmo vale para marcas, pesquisem por Acer e depois por Dell para ver a diferença no atendimento deles.

    -Sempre procure descobrir se a loja tem endereço fixo e telefone, na dúvida ligue e peça se você pode comprar ou direto na loja.

    -Essa é mais polêmica, o cadeado de site seguro (SSL) é uma dica antiga, mas uma coisa que você tem que desconfiar é de sites BRASILEIROS sem domínio brasileiro, qualquer loja mínimamente profissional deve comprar um domínio nacional e se eles não compram é porque querem esconder informações como CNPJ e Razão social, ou não estão pecando em profissionalismo.

    5)Você já comprou e deu merda?

    -Ache o endereço físico da loja ou responsável, é necessário para muitas coisas entre eleas para entrar com ação legal contra a empresa.
    pesquise o CNPJ da empresa no site da receita lá, existe o endereço associado ao CNPJ:
    http://www.receita.fazenda.gov.br/pessoajuridica/cnpj/cnpjreva/cnpjreva_solicitacao.asp

    você pode tentar conseguir o CNPJ no próprio site da loja, as vezes até no Google e caso você tenha a nota fiscal, na própria, outra forma de conseguir essa informação é usar o Registro.br é só pesquisar o endereço www da loja e clicar na opção whois na pagina que aparecer.

    -caso a loja não esteja retornando seus contatos ou você não esteja achando os contatos: use o google, procure informações físicas da loja em guias e lista (você pode pesquisar até pelo endereço) Você pode usar o http://www.registro.br para conseguir o CNPJ , e-mail e nome do responsável. É só digitar o endereço (.com.br) pesquisar o WHOIS do site.

    -Nada disso funcionou? siga sem medo as dicas dos nossos amigos, principalmente as do júnior, eu mesmo já fiz uso do tribunal de pequenas causas e eles são muito eficientes, caso você não ganhe mais de 3 salários mínimos (acho!) você não precisa contratar advogado.

    Bom pessoal, acho que me extendi pra caralho neste comentarigo, mas deve ter diversos erros, já que são 5:10 da manhã de sábado (não não estou bêbado), qualquer coisa me xinguem , ou complemente e corrijam as dicas 🙂

    Adoro o assunto e caso o piratacast quiser abrir uma loja é posso dar umas dicas 😉

  5. jonathan disse:

    ótimo assunto!

  6. Danilo Luiz disse:

    Oi galerinha do mal e do bem! Rsrsrs. Gostei muito deste podcast, ainda que tenha faltado o Maycon (puxa saco né rsrs).

    Achei que a discussão foi boa, acabou abrangendo diversos pontos ainda que não tenha entrado em detalhes.

    Não sei se vocês conhecem, mas tem um site muito bom para comprar eletrônicos: http://www.kabum.com.br , comprei meu tablet lá. E compras à vista ganham 15% de desconto. Logo paguei 1600 no meu Samsung 10.1 com 4G, acho que até vai ficar mais barato daqui há uns meses, mas minha necessidade é agora e já venho postergando a compra de um tablet desde o lançamento do iPad 2. O que não gosto de lá é o tipo de entrega, mas vou explicar o porquê.

    Eu moro em São Paulo, mais precisamente em São Mateus na Zona Leste. E trabalho na Granja Julieta/Chácara Santo Antônio. Essa questão de entrega é sempre algo complicado.

    Eu que moro na capital, na maior cidade do Brasil, acho um absurdo esperar mais que 2 dias úteis por um produto. Claro que também devemos considerar que pelo tamanho da cidade às vezes realizar uma entrega não é tão fácil. Eu mesmo levo 2 horas para ir ao trabalho e 3 horas para voltar. A questão é que, se é uma cidade grande e com uma demanda igualmente grande, os produtos deviam estar disponíveis a todo momento.

    Já comprei pelo Submarino, pela Saraiva, pela Kalunga, pelo Kabum e alguns outros sites menores para coisas específicas. O que eu gosto do Submarino é que eles têm um serviço de entrega que geralmente é rápido. O que não gosto do Kabum é que eles só enviam por Correios.

    Meu problema está na entrega. Primeiro que não é todo dia que eu faço home-office, segundo que eu geralmente espero receber algo antes do próximo fim de semana vigente, por isso geralmente compro na segunda-feira ou terça-feira. Ou compro algo na quinta-feira à noite ou na sexta-feira de manhã e espero receber no máximo até terça-feira. Ok, devo ter confundido todo mundo, então vamos seguir adiante.

    No meu trabalho, os Correios passam duas vezes ao dia. Afinal é uma empresa, localizada perto de várias outras empresas e estamos ali do lado da Marginal Pinheiros. Se eu peço algo no Submarino é tranquilo, os porteiros recebem, ligam no meu ramal e vou lá buscar. Mas se é algo que comprei no Kabum, vem pelos Correios e aí eles recebem, protocolam e depois avisam que chegou. Ou seja, o que vem pelos Correios acabo pedindo para entregar em casa para que eu não precise esperar toda burocracia. O problema é que eu posso comprar duas coisas no mesmo dia, sempre vai demorar mais para chegar em São Mateus e não importa o tipo de entrega. Ainda assim, acho que o serviço de entrega do Submarino mais rápido que os Correios e provavelmente não faz greve.

    Inclusive na época da greve dos Correios, paguei todas minhas contas pela internet. O que me leva a falar de segurança na internet. Tem também um ótimo podcast do WeRGeeks falando disso.

    Até me preocupo um pouco com a segurança, principalmente por ser de IT e saber o que rola todo dia. Há hábitos saudáveis que temos que tomar, como evitar sites pornôs (arrumar uma namorada resolve), evitar instalar programas crackeados e baixados fora do site do desenvolvedor (largar de ser pobre de espírito resolve), evitar clicar em qualquer merda que aparece nos emails e nas redes sociais (vá caçar algo útil para fazer). Claro que esse lance de tomar cuidado com os clicks engana até mesmo usuários experientes, de qualquer modo é sempre bom ter cuidado, afinal não tenho conta no Bradesco e nem estou esperando fotos de ninguém, sem falar que não bebo e não curto baladas, então não vai ter fotos minhas da noite passada.

    Procuro sempre rodar o bankerfix antes de entrar no meu internet banking. Tenho o Nod32 no meu desktop, embora tenha ganhado uma licença da Norton no WeRGeeks citado (estou esperando acabar meu TCC e dar uma limpeza geral no PC para depois mudar de antivírus). Queria escrever tanto no meu TCC quanto estou escrevendo aqui. E olha que parei de digitar lá só para comentar aqui.

    Tem gente que curte fila e multidões, eu não. Não que eu tenha fobia a pessoas ou seja muito sedentário. Apenas prefiro comprar minhas coisas pela internet porque eu tenho mais opções de escolha e posso decidir não comprar sem perder viagem. Quanto a pagar contas, geralmente pago à vista ou no Cartão que é do banco, então é só entrar no Internet Banking e pagar tudo de uma vez. Minhas contas da Claro também digito o código de barras e já era. Não vejo a necessidade de ir no banco e desfrutar da má vontade dos atendentes que também adoram fazer greve. Já expressei minha opinião sobre greve nos comentários do Na Calçada 58.

    Não acho que as lojas físicas vão desaparecer e nem acho que devem. Sapatos, por exemplo, são do tipo de coisa que a gente tem que provar. Assim como roupas que têm diversas medidas para cada fabricante. E comida, exceto pelo delivery, há coisas como frutas, peixe, carne, frango, que temos que ver de perto.

    Me prolonguei demais. Mas faço com gosto porque vocês dão o feedback merecido aos ouvintes e prolongam a discussão. Outros podcasts até mencionam, mandam abraços, lêem emails e comentários, mas não retornam o assunto o que pode ser legal ou ruim. Particularmente defendo que existem milhares de coisas que podem coexistir, como Firefox e Chrome, iOS e Android, Windows e Mac, Piratacast e todos outros podcasts.

    Abraços!

    • aLx disse:

      Sobre o problema de entrega do Kabum (que eu tb conheço e recomendo!), não seria uma boa deixar o porteiro avisado da chegada desta correspondência?

      Eu fazia assim num prédio em que trabalhamos na Prç. da Árvore. E sempre que eu comprava algo, avisava na portaria que “por aqueles dias” ira chegar uma encomenda que eu deveria receber com rapidez.

      Lógico que ser brother dos porteiros ajuda. Aliás, tenho um brother que mora em S. Mateus.

      Hoje, estamos em uma casa, na Vila Clementino, e se chega alguma coisa para mim, me chamam.

      abs.

    • .
      .
      Deu até dor de cabeça ler tudo. hehehe. valeu!
      .
      .

    • iskilo666 disse:

      “Não acho que as lojas físicas vão desaparecer e nem acho que devem. Sapatos, por exemplo, são do tipo de coisa que a gente tem que provar. Assim como roupas que têm diversas medidas para cada fabricante. E comida, exceto pelo delivery, há coisas como frutas, peixe, carne, frango, que temos que ver de perto.”

      Escrevi um pouco sobre isso na minha monografia, mas meu orientador mandou tirar a maioria, pois estava com muita cara de monografia sobre Marketing, e não Economia. Mas isso aí é o que eles chamam de “bem de experimentação”, você só se convence que quer consumir depois de experimentar, o que é um empecilho para o e-commerce, mas é daí que entra a marca, prestígio, e padronização dos produtos.

      Vc não precisa experimentar o Big Mac para saber que ele vai ser bom, pois vc conhece já conhece a marca e o produto, e ele te agrada.

      Quanto a um produto novo? O marketing está ai para te convencer que vc não precisa experimentar para saber que vc vai gostar daquilo.. Fora as compras coletivas, que hoje atuam diretamente nisso, a loja “subsidia” para que você experimente o produto praticamente de graça, para depois consumi-lo tranquilamente..

      Mais no Papo Pirata.. 😉

  7. Danilo Luiz disse:

    PS: Imagem do post bem bacana!

    PS2: Para tablet o Firefox não é bom, usem o Dolphin ou o browser nativo.

    PS3: Não gosto de Linux, embora compreenda sua importância, só não acho que é um sistema amigável para desktops. Por ironia do destino, prefiro o Android (que é baseado em Linux) ao iOS, pois o Android de certa forma é mais configurável, não necessariamente que tenha mais acessibilidade.

    PS4: Se não encontrar algo no Google, desista, não tem, não existe. Neste caso não há nenhum outro buscador que você precise. Olha, eu gosto da Microsoft, o Windows 7 é ótimo, o Windows 8 provavelmente vai ser foda, a divisão Microsoft Research é foda (queria até trabalhar lá), mas não invente de usar Bing, ninguém precisa coexistir com a Google no ramo de buscador, nem de email. Já o resto, o Facebook e o Twitter dão um pau no Google+.

    PS5: Facebook e Twitter devem coexistir, acho que cada um tem um propósito diferente.

  8. aLx disse:

    Salve, Flibusteiros!

    Estou citando vários nomes de empresas, sintam-se à vontade para editar o post e removê-los, caso julgem ser mais prudente.

    Sobre esta lance de compra por internet, vou falar sobre uma prática nova que adotamos em casa. Não fazemos mais supermercado FÍSICO, agora só compramos pelo SONDA ($$$). Desta forma, eliminamos muitas compras por impulso e ainda conseguimos controlar o valor gasto em nível de centavos.

    Ou seja, com o carrinho virtual te informando o valor a cada ítem comprado, você consegue controlar exatamente quanto quer gastar na sua compra.

    —-

    Particularmente gosto de fazer compras pelo Mercado Livre, mas me adoto algumas práticas para diminuir o risco de levar um golpe. Por exemplo, só compro de vendedores que estão localizados em São Paulo e que me façam entrega via motoboy ou que eu possa retirar o ítem.

    Desta forma, consigo avaliar o produto antes de pagar por ele.

    Não compro nada que não seja novo ou que esteja sendo negociado à base de troca.

    —-

    Consumimos muito e-Commerce para livros e brinquedos, já que a família está repleta de leitores assíduos e crianças. É uma mão na roda em tempos de festas de fim de ano. Saraiva, Submarino, Extra-Online, etc… e a única empresa com a qual tive problema no último ano foi com a dupla Americanas/Cartão Carrefour, qdo cancelei uma compra por falta de entrega.

    Isso já foi resolvido, mas a confiança foi pro espaço.

    —-

    Em relação aos comentários, quer melhor exemplo do que os ouvintes de podcasts? Consomem um produto e não dão feedback nenhum para quem provê o produto consumido. Com compras é igual.

    —-

    Frase solta do episódio:
    FACILIDADE DE PEGAR NO NEGÓCIO NA HORA, DO TIPO: TROCA O DINHEIRO, ME DÁ ESSE TREM!

    Opaaaaaa! Opaaaaaaaaaaaaa!!! kkkkk

    Excelente as dicas de compras internacionais e dicas… excelente!

    Parabéns pelo episódio! Vai salvar muita gente com certeza!

    • Danilo Luiz disse:

      Sabia que tinha dado caca em alguma coisa. Você também gosta de fazer comentários respeitáveis.

      Quanto ao feedback dos podcasts, há casos e casos. Como comentei em algum Radiofobia, só comento o que tenho opinião formada ou que o assunto é de meu interesse. Não acho que é tudo que dá para comentar. E também tem que pelo menos algum cristo comentar.

      Tenho a política de comentar só os novos episódios, embora tenha dado umas twitadas de uns Piratacasts antigos que tenho ouvido.

      De qualquer modo, eu não comento no Nerdcast e nem no Rapaduracast, porque geralmente quando eu termino de ouvir e penso em comentar, já tem uns 200 comentários, alguns já expressando o que penso.

      Eu não perco nenhum Nerdcast, embora tenha ouvido este Pirata 32 e não tenha ouvido até o momento o Nerdcast 289. Porém eu prefiro falar com a galerinha do mal, inclusive pelo twitter e ter um retorno. Até o pessoal do Papo de Gordo também de vez em quando eu mando uns tweets e eles me respondem. Ok, não dá para o Jovem Nerd e para o Azaghal dar atenção para todo mundo. Ainda assim, não acho que terceirizar a leitura de emails é uma boa prática. Isto é uma coisa muito complicado. E sem falar que lá tem um monte de adolescente baba ovo.

      Momento confissão, ouvi os últimos Na Calçada, Radiofobia, WeRGeeks, Café Brasil, Rapaduracast, Matando Robôs Gigantes, Papo de Gordo (inclusive acabei a maratona), só que não tive tempo para comentar. No entanto, deixei meu TCC aberto no Word e vim aqui comentar no Pirata hahaha. Eles podem até não entrar em méritos da nossa discussão, sei que com certeza eles vão ler.

      Abraço! =D

      • aLx disse:

        Eu não comento nem no NerdCast pq o episódio sai e já tem 300 comentários de “Primeiro!”, “baixando” ou outra besteira.

        Se tiver a coragem de ler os comentários, vai perceber que quase nenhum é sobre o conteúdo do podcast.

        Quero ver quem vai comentar este sobre o Napoleão.

        Gostei muito da nova postura do Léo — que tenho a honra de dizer que conheço pessoalmente — que colocou os comentários no final do Radiofobia. Ele tem dado mais destaque à leitura de feeds e sempre manda os abraços para quem comentou.

        Aliás, abraço pro Léo Lopes! Teu trabalho é fantástico, rapaz!

        Como já disse antes, eu comento quase todos os podcasts que escuto, nem que seja um “Nao Gostei!”, como já fiz no Radiofobia ou um “Não vou comentar pq não gosto de Simpsons!” como fiz no Papo de Gordo.

        A minha lista de podcasts chegou aos 40, com o paitrocínio do queridíssimo Sr. Nelson Nerdanderthal, a quem sempre procuro seguir os passos de pessoa querida e respeitada nos podcasts.

        Tento ser pelo menos respeitado.

        Vou aproveitar o espaço dos Piratas para indicar os 5 podcasts mais fodas que já ouvi!

        1º – Pó de Cash 23
        2º – Jurassicast – Rock, um Brasileiro
        3º – Descontrole – Especial a Histórias de Cocô
        4º – PLN – Entrevista com Léo Lopes
        5º – Descontrole – Histórias de Busão

        Não recomendo que ouça, nenhum destes em público. Vergonha garantida.

        =]

        • Danilo Luiz disse:

          Caraca, você não gosta de Simpsons. Fiquei horrorizado rsrsrsrs.

          Olha, recentemente ouvi uns Descontrole Podcast e gostei. Assim como o Pauta Livre News. E também um episódio do Toscochanchada. No geral gosto de podcasts para me fazer rir, só que também gosto de informação. Ainda assim, espero ter mais tempo ano que vem para apreciar mais outros podcasts, fora da minha lista de favoritos.

          Eu acho o Léo Lopes um cara foda. Assim como o Flávio Soares. Quando eu for pai quero ser como eles, dedicados e carinhosos com os filhos.

          Por hoje, chega de discussão. rsrsrs

        • Nerdanderthal disse:

          aLx
          Grato pelas palavras de carinho.
          Dos 5 podcasts q vc escolheu, eu tive a sorte de participar dos 2 Descontroles e tb o q eu mais elogiei foi justamente o Pó de Cash #23, cujo comentário fiz no #24 e foi praticamente meu contato principal com os podcasters.

          • aLx disse:

            O Pó de Cash 23 é anormal! Se a pessoa absorve ele, muda de vida!

            Sensacional mensagem dos participantes!

            Qto ao Sr. ter participado de 2 dos 5 episódios que compõe a minha lista de favoritos… bom, só vem a ser mais uma coincidência, não?

            Como já disse, entre o Sr. e a minha pessoa, existem mais coincidências do que eu julgaria ser normal.

            =]

            Abraço.

        • aLx disse:

          ps.: não incluo nesta lista os episódios do Café Brasil.

      • .
        .
        Lido! Méritos no #PapoPirata! Há!
        .
        .

    • iskilo666 disse:

      Esse sistema do SONDA é meio estranhinho, mas parece ser funcional.

      Sem entrar em muitos detalhes, isso aí foi justamente o que eu tentei “vender” para um supermercado daquí, mas o projeto empacou na falta de knowhow minha e do cara que ia fazer a programação para mim, e principalmente o dono do mercado não estar disposto a fazer investimentos muito altos.. hehe

      • aLx disse:

        Para mim, a loja do Sonda é melhor do que outras que testamos.

        Além do mais, a qualidade dos produtos que entregam e as embalagens são espetaculares.

        Costumo dizer que se nós mesmos escolhessemos as frutas e legumes, não viria tão bom.

        Sobre o NerdCast, gostaria de fazer um pequeno adendo… E isso se aplica à inumeros outros podcasts. Eu acho que o sistema de comments deles é péssimo. Não permite resposta ao comentário, como fazemos aqui.

        Recentemente critiquei o Descontrole por estar com um sistema com poucos recursos. Acho que o melhor resultado de um podcast é gerar este tipo de conversa, mas para isso é necessário ter uma ferramenta eficiente.

        =]

        ps.: aí! olha o que eu falei! acabei de reclamar do sistema do NerdCast e fui comentar o Jurassicast. Não é que o sistema dos caras tb não permite responder em cima de um comentário?

        Aí se o cara não souber usar tags para poder citar, vai ficar uma conversa toda quebrada.

        Acho que vocês poderia conversar sobre isso no FaceBook de PodCasters.

        Abs.

  9. Henrique Mafra disse:

    Olá piratas!!
    Muito bom o cast como todos os outros em.
    É difficile eu comentar, ouço o cast pelo iPhone enquanto estou com a mão na massa, ai chego em casa e não lembro mais, pois ouço 3 podcast por dia.
    Enfim, eu compro direto coisas da internet, DealExtreme é sagrado todo mes, mesmo eu não querendo nada, procuro pra comprar kkkk

    Eu tinha ficado interessado em comprar pela Amazon, pois tem coisas que eu sempre quis e dependo daqueles intermediários. O Cleverson me deu uma ajuda, e eu estarei me preparando, acho que comprarei DVDs estou olhando o site Blu-rays legendados.

    Obrigado a vocês a me encorajar a comprar coisas internacionalmente além da DX. =D

  10. Muito bom e explicativo o cast, faltou falar da merda que é os correios aqui no Brasil! Eles demoram muito para entregar as encomendas internacionais, além claro, das encomendas que os próprios funcionários roubam! Isso mesmo, tive um celular que chegou aqui em Fortaleza e ficou pela central dos correios e não foi entregue! Foi uma problemão, pois os correios só aceitam reclamação do remetente, eu como destinatário tive que implorar ao vendedor lá de Cingapura para ir reclamar nos correios de lá! Acabou que o vendedor mandou outro e tive que pagar US$ 15 de frete, esse chegou! Já ouvi vários comentários de pessoas que tiveram suas encomendas furtadas, como vem de fora, é bem mais complicado de se reclamar! A dica é pedir para mandar com seguro e registrada! A maioria das encomendas baratas da China vem como carta comum, os correios entregam a contra-gosto, por isso ele deixam por ultimo mesmo, para vc desistir de comprar assim!
    Compro muito pela internet, sites grandes, internacionais e pelo mercado livre, tenho a conta no paypal e confio muito nele! Mercado livre é bom, mas tem que ter muito cuidado, tem muito picareta lá! Ultimamente tenho comprado do RicardoEletro, preço bom, chega muito rápido e ainda tem um desconto pelo cartão do Itaúcard, na media de 10%! Compro do ebay e fiz uma compra do DXtrem mas demorou uns três meses para chegar!
    Valeu!
    Bené

  11. Lucas Amura disse:

    Excelente episódio!

    Esse é o tipo de programa que deveria ser enviado para todas as principais redes de comércio e lojas brasileiras, câmaras de comércio etc etc.

    Muito ainda falta para o brasileiro aprender a fazer um comércio de respeito mútuo vendedorcomprador.

    Parabéns a todos os envolvidos!

  12. Salve, pirataiada.

    E fomos do e-commerce a recorrente discussão sobre comentários em podcasts. Esse assunto grudou aqui. =D

    Até hoje não tive problemas com as compras pela internet (só nacional). Acho que, dando uma pesquisada, é possível usar desse recurso sem medo.

    Pra completar, recomendo que usem SEMPRE os links aqui do Baú. Essa galera merece. =D

    Abração.

  13. Diogo Lopes Bastos disse:

    UM cast muito interessante, tenho que falar, antigamente eu tinha um medo do caramba de fazer compras pela internet, pensando que a encomenda podia demorar ou mandarem algo errado. Agora que meus irmãos compram séries de TV e filmes pela internet e chega antes do prazo programado não vejko a hora de fazer minha estréia e comprar via internet.

  14. Drigo Menezes disse:

    Ótimo podcast.
    Há muito tempo compro praticamente de tudo na internet e nunca tive problemas em nenhuma ocasião. Pra falar a verdade o meu grande problema é me controlar pra não comprar compulsivamente…

  15. FrankCastle disse:

    O maior motivo de preferir comprar na internet é de ter a certeza de encontrar o que procuro. Pois não há nada mais frustrante do que perder seu tempo indo até uma loja física e ouvir o famoso: “tem, mas acabou”

    Outra coisa que acho boa na internet, é a ausência no contato direto com vendedores. Pois na maioria dos casos, acho que eles mais atrapalham do que ajudam.

    Ah, também já fiz compras de supermercado online no Pão de Açúcar, serviço excelente, o cuidado com os produtos perecíveis me surpreendeu!

    O ponto negativo das compras na internet, em minha opinião, é o cuidado no transporte e prazos. Muitas lojas famosas estão contratando qualquer Zé Mané para fazer a entrega, pessoas que não tem preparo para isso e nem veículos com o suporte adequado para os produtos. Causando freqüentemente problemas de produtos avariados. E até entregas de produtos que seriam de outras pessoas. Já me entregaram um pedido (a noite) e  quando abri, não eram meus livros, mas os de outra pessoa com nome e endereço totalmente diferentes! -> Submarino / Americanas

    Isso também vem acontecendo com importados, onde os Correios, que tinham um serviço excelente, agora estão deixando a desejar no manejo dos produtos.

    Hoje em dia, estou virando um pão duro, primeiro faço uma wishlist de produtos, quando eles chegam em um preço que estou disposto a pagar, compro. Parei de comprar coisas apenas porque estavam em promoção, pois com isso acabamos acumulando várias coisas que não precisamos ou não usamos.

    Algumas indicações:

    http://www.hkofferhouse.com
    Loja de Games de Hong Kong, sem muita variedade, mas com bons preços e disponibilidade de jogos Americanos. Frete barato, US$ 4.00 + US$ 2.00 o item adicional. Só tive problemas com o Portal 2 que foi minha ultima compra, a caixa veio quebrada, culpa dos Correios é claro.

    http://www.estarland.com
    Loja de Games Americana que conta até com algumas páginas de informação em português. Já comprei lá e nunca tive problemas.

    http://www.ebay.com
    Já comprei varias vezes, o único problema que tive foi um CD de musica que veio com o disco quebrado! Culpa dos Correios. Para quem não sabe o ebay é o Mercado Livre dos EUA, se você for no rodapé de um dos sites e ver os links dos países vai poder constatar isso. Porém, a qualidade dos vendedores do ebay é bem melhor do que os do Mercado Livre. No ML, tem muito vendedor bom, mas tem muito pilantra também.

    Agora 2 dicas de livros:

    Importados: até onde sei, se você importar livros, por lei este tipo de produto não pode ser taxado, em hipótese alguma.

    No Brasil: use sempre o http://www.buscape.com.br para procurar livros, além de poder ordenar pelo preço, lá você encontra descontos exclusivos que só funcionam entrando na pagina do produto pelo link deles (não é mutreta, é parceria que eles tem com algumas lojas)

    Parabéns pelo episódio galera! Já tinha ouvido falar do Busca Descontos, mas não usava, vou começar a usá-lo a partir de agora! Como falei antes, o que falta é um melhor cuidado no transporte e manejo dos produtos. Um abraço!

  16. Renan Possari disse:

    Muito massa, trampei com e-commerce por muito tempo e vi uma loja virtual ser a maior do ramo no Brasil, mas por não ter um atendimento adequado e não ser transparente com os clientes quebrou e mandou mais de 500 pessoas para a rua (inclusive eu o/).

    Gostei do podcast, como sempre.

  17. lucas zanganelli dos santos disse:

    uma dica legal para quem gosta de comprar jogos é comprar no estarland que é uma loja americana que entrega no brasil e se você pagar alguns dolares a mais ( se não me engano algo entre 2,5 e 3 dolares)a encomenda é enviada de um endereço de pessoa fisica.

  18. Tiago Andrade disse:

    Prezados amigos piratas (insira aqui uma vinheta do Didi dizendo “ooooos pirata!” – eu sempre quis fazer isso!),

    Estão todos de parabéns por mais um ótimo episódio. Além do merecido, mas óbvio, elogio, venho aqui compartilhar com vocês algumas das minhas experiências com compras online.

    Antes de comprar numa loja virtual pela primeira vez, considero indispensável fazer uma pesquisa entre conhecidos ou mesmo no Google. Verifique se a loja é confiável, se cumpre os prazos de entrega e como é o atendimento pós-venda em caso de problemas com pedidos. Reputação no mundo de “tijolo e cimento”, como a revista Info costumava dizer, conta muitos pontos a fator mas não é decisiva. Tive vários problemas com compras recusadas sem motivo aparente na Americanas.com e evito utilizá-la, mas não tenho do que reclamar das lojas físicas da rede.

    Usar o Submarino tornou-se hábito na minha família – até mesmo minha avó pede sempre para verificarmos preços no site. Nunca tive nenhum problema mais sério com o site, exceto eventuais atrasos nas entregas, e meu volume de compras lá é tamanho que possuo até um cartão de crédito conveniado do site. Com isso, parte do que gasto – não só no Submarino – pode ser resgatado em produtos.

    O Mercado Livre é um site não me aventuro tanto. Já fechei vários negócios por lá, tanto comprando quanto vendendo, e tive minha cota de dissabores – um vendedor, inclusive, chegou ao cúmulo de não enviar o produto que eu havia comprado porque o leilão “fechou num preço muito baixo”. Procure sempre verificar a reputação do vendedor e fazer todas as perguntas possíveis ANTES de fechar a compra, para evitar complicações posteriores.

    Compras internacionais exigem cuidado redobrado – afinal, a dificuldade para trocas e consertos é maior, há toda questão de correio e alfândega… Consulte os prazos estimados de entrega antes de fechar a compra, mas não se prenda a eles, já que sua encomenda pode chegar muito antes ou muito depois do prazo.

    Faço compras pelo eBay regularmente, seguindo os mesmos procedimentos aconselhados pro Mercado Livre. Ao comprar produtos de pessoa física, lembre-se de pedir que sua compra seja enviada como presente. Como dito no podcast, este não é um método 100% seguro, mas diminui consideravelmente as chances de taxação.

    Uma outra boa dica é sempre verificar se há possibilidade de pagar através do PayPal. Além de proteger os dados do seu cartão de crédito, você ainda pode recuperar seu dinheiro caso haja algum problema com o vendedor.

    Dito tudo isso, desejo a todos os piratas e ouvintes um ótimo 2012. Abração!

  19. Fala piratas!
    Fiquei um tempo sem ouvir podcasts porque estava dificil baixar apenas pelo celular, e acabei desistindo de ao menos tentar abrir os sites. Agora comprei um celular novo, e fui tentar abrir o site do bau pirata e tive uma surpresa (boa) o site abriu em uma versão mobile, sem as imagens e animações pesadas, ótimo para celulares com menos memoria ou ching-lings. Pena que agora não preciso mais dessa versão, vai ser útil com certeza, terei que esperar muito menos tempo até a página carregar (quase instantâneo agora).
    Agora com o dispositivo mais potente e um piratacast mais mobile, voltarei a acompanhar os casts.

    “Baixando!!”

  20. Silvio disse:

    Ouvi vocês quanto a compra via craigslist, já comprei três ópticas através dele pode ser filtrado pela cidade, comprei 2 iPhone 4 32gb desbloqueados por 800 usd. O detalhe e que tem que estar lá para comprar pois normalmente vc marca algum lugar para entregar a grana e pegar o produto, trabalho numa cia aérea e tenho facilidade de ir. Mas já vi produtos sendo anunciados em sao Paulo pelo craigslist nao sei se tem para outras cidades.

    Valeu pelo cast, sempre ouço mas e a 1st vez que comento. Um abraço amigos.
    @silvioflyaway

  21. Fenando Fanatic disse:

    Galera, fiz uma comprar na Amazon do BD de Senhor dos Aneis mas acabou dando um problema de que a transportadora perdeu o item. Depois eles reenviaram mas já está com um mês de atraso. O quê eu devo fazer?

  22. Monica Lustosa disse:

    Eu sempre achei a ideia de comprar na internet legal! Comprar sem sair de casa é super prático. Acontece que tive varias experiencias de compra ruins.Já comprei e nao recebi o produto. Tive experiencias ruins também com sites de compras coletivas. Mas há sempre excessoes as regras. Tenho comprado com cupom desconto e estou super satisfeita.


    .
    @jabour_rio, @iskilo666, @junior_cq,
    @cleverson, @piratacast, @baupirata