Facebook do Piratacast Twitter da Equipe Piratacast TV do Bau Piratacast, Diário de Bordo e Papo Pirata Feed do Site Feed do Podcast Assine no Itunes Entre em Contato

Papo Pirata 31

30 / nov / 2011
Papagaio Pablito


Neste Papo Pirata, Jabour_rio (@jabour_rio), Junior (@junior_cqe Iskilo (@iskilo666) reuniram-se para fazer aquilo que fazem de melhor no Bau Pirata: falar dos outros (ou do comentário dos outros). Aqui eles passaram os feedbacks do Diário de Bordo 10 – Aproveitando o ócio e do Piratacast 31 – E se fosse um podcast.

Papo Pirata é a forma que encontramos para interagir com os ouvintes do Piratacast e do Diário de Bordo. Nele, discutimos a repercussão dos últimos episódios, lendo os e-mails e comentários sobre os podcasts anteriores, além dos erros de gravação desse e dos podcasts passados. Comente nos nossos podcasts ou envie um e-mail para o piratacast@piratacast.com e ajude-nos a fazer a pauta do próximo Papo Pirata!

LINKS RELACIONADOS:

Aspiracast #028 – Bodas de Papel, 1 ano de vida!
Pó de Cash 036 – Podcast, a Mídia
Pesquisa Papo de Gordo 2011
Dexter’s Mind
Farrazine
Videocast do ouvinte Jefferson Nascimento
Pauta Livre news
A Espiral #7 – Despedida de Solteiro
Alternativando com Zuil

EDIÇÃO E TRILHA SONORA:

Junior (@junior_cq)

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


Papo Pirata 31
Download MP3 64k
Download ZIP 128K


Quer ter todos os artigos do Baú Pirata e/ou os Piratacasts de
forma automática direto no seu computador? Assine nossos feeds!
    

Categoria(s): Papo Pirata

67 marujos comentaram até agora...

  1. Danilo Luiz disse:

    Guys, o arquivo zip está zuado. Baixei duas vezes e não funfou. PS: Ouvindo agora.

  2. Danilo Luiz disse:

    E aí galerinha do mal! Voltei para comentar de novo.
    Acho muito interessante o Papo Pirata porque sintetiza todos os comentários do Piratacast. Assim cada um comenta e não necessariamente precisa ler os comentários seguintes. É só esperar pelo Papo Pirata hehehe.

    Valeu pela consideração, não é toda celebridade que segue a gente no twitter. E agora descobri que estou a 1 pessoa do Paulo Coelho hhahahha. Não que eu seja muito chegado as obras dele.

    Caraca, sempre achei meu nome fácil. Até meus amigos indianos pronunciam bem.

    Quero saber uma coisa, o que vocês acharam do S02E07 do The Walking Dead… estou querendo tanto, mas tanto, que o Shane morra… Fiquei com medo deste fdp matar o Dale.

    Vocês podiam sortear um ouvinte para participar do último Piratacast do ano hehehe. Como está muito em cima, podiam sortear para o primeiro do próximo ano rsrs. De qualquer forma gostaria de participar da gravação como ouvinte qualquer dia, podem mutar, queria mais é ouvir a gravação ao vivo =D

    Abraços!!!

  3. Ola pirataiada!
    Primeiramente queria me desculpar pelo tempo que eu fiquei sem comentar, mas Provas finais + trabalho = tempo tendendo a zero hehehe
    curti muito os dois ultimos piratacasts, mas nada superou esse final de programa, com os extras e o skilo sem saber falar! ri de mais
    Queria propor dois temas de games no proximo diario de bordo, um deles é o super jogo BF 3 que eu estou totalmente viciado e mesmo com o Batman aqui comigo, eu só tenho olhos para o BF 3, o jogo tem o multi player mais proximo da realidade de guerra que eu ja vi desde day of defeat e cada classe tem muita coisa legal!
    o outro jogo que eu tenho a falar (esse pode me chamar que eu até jogo de novo para falar bem hahaha) é o Uncharted 3, que tem como foco principal a sua história, mas tem um OTIMO multplayer, principalmente por permitir dois jogadores em split screen porem jogar juntos nos modos competitivos, uma pena que tenha saido tao perto dos jogos como bf3 e mw3 e acabou sendo subestimado, mas é realmente uma excelente opção.
    Queria mandar um abraço pra vocês e quero que saibam que os estimo muito e espero poder continuar a trocar ideiais e ouvir os casts por muito e muito tempo!

  4. REINALDO disse:

    Olá povo!
    Sou um dos que precisam e agradecem a disponibilização do zip, sem o qual não conseguiria acompanhar o podcast, precisaria tirar algumas horas de algum domingo para ficar baixando tudo o que quero ouvir durante a semana, e se eu só tenho o domingo livre, certamente existem outras coisas que preciso fazer.

    Obrigado pelo ZIP!!

  5. aLx disse:

    Salve, Flibusteiros!

    Acho que foi ontem que o pessoal do Ilha Themyscira perguntou sobre formatos a se disponibilizar.

    O camarada que expôs o problema está correndo alguns riscos. Se na empresa dele existe uma proibição para baixar MP3, não adianta “dar o migué” de querer baixar um ZIP. Isso pode te colocar em maus lençois… e depois, explicar que vc baixou um cast para colocar no seu MP3 player vai ser complicado.

    Como disse outro dia, uma PROIBIÇÃO sempre vem depois de um ABUSO, assim, melhor tomar cuidado com as regras de disciplina.

    Aliás, Piratas, olha que pauta interessante… DISCIPLINA NO TRABALHO. Dá pra abordar redes sociais, downloads, uso de internet para assuntos pessoais… o que acham?

    Sobre meu nome, é ALESSANDRO, mas pode chamar de ALEX ou a-ele-cheese. FAT BOY ALERT! FAT BOY ALERT!

    Espero que tenham gostado do CAMINHONEIROS DO GELO, do History Channel.

    Abraços.

    aLx

    • iskilo666 disse:

      Já fizemos um podcast com tema parecido..

      http://www.baupirata.com/2010/05/05/podcast/piratacast/piratacast-19-trabalho.html

      Ouve aí e veja se é isso que vc sugeriu..

      • aLx disse:

        Sério que sugeri um programa que vcs já fizeram? Se for vai ser legal as pampa!

        Bom, vou ter q baixar, né? Pq este episódio já não aparece mais na lista do feed.

        Tks.

        Ouví-lo-ei!

      • aLx disse:

        iskilo665+1
        .
        kkkk
        .
        Ouvi o cast e a discussão. Percebi que em um momento da leitura de comentários, surgiu o assunto Orkut, MSN e, por assim dizer, comportamento profissional (não sei se chega a ser Ética).
        .
        Notei, também, que vocês tinham uma postura bastante rígida e radical na hora.
        .
        Não lembro quem falou que no caso de pegar um funcionário tentando burlar o sistema para acessar MSN era demissão sumária.
        .
        É como eu digo, lidar com gente é complicado.
        .
        De qualquer forma, o assunto foi tratado beeem superficialmente, mas não sei se seria assunto para uma pauta.
        .
        abraço. obrigado pela indicação.
        .
        aLx

    • REINALDO disse:

      Sir aLx, tudo blz?

      Concordo com a parte do “contra as regras”, mas para esses casos, normalmente, se meu chefe e o admin da rede constatarem que estou gastando a internet sem necessidade e baixando muita coisa, certamente antes da passagem só de ida para o RH receberei um aviso, a menos que meu chefe já esteja procurando um motivo para me demitir por justa causa, o que não é o caso (eu acho). E como eu não fico baixando coisas toda hora, é basicamente um ou dois podcasts por dia, acho que não estou cometendo nenhum abuso grave.
      Conheço algumas formas de burlar a segurança imposta e baixar os mp3, ver vídeos no youtube, acessar o facebook e tudo mais, porém não o faço porque ai sim estou infringindo diretamente as normas da empresa, como estou baixando o arquivo zip, que está liberado, apesar de o arquivo conter um mp3, não estou burlando a segurança diretamente.

      • aLx disse:

        hmmmm… não sei não, Reinaldo.

        Vou te falar como Gerente de Produção, que é o que sou aqui na empresa.

        Se eu transmito uma diretriz da empresa de não baixar MP3, então não adianta usar recursos para OBTER DA INTERNET UM ARQUIVO DE MP3.

        Seja:

        – zipado
        – rar
        – com nome de extensão mudada (baixa um .BMP que depois renomeia para .MP3)
        – baixar um outro formato de audio (ACC, por exemplo)
        – etc

        Se eu pegar, vai dar conversa séria.

        Agora, vou te dizer, como amigo, toma cuidado com o que você está baixando. Acho que seria até coisa de trocar uma idéia com o seu superior.

        Não vale a pena perder um emprego por indisciplina. Já pensou, chegar em casa e explicar que foi demitido pq tava baixando um MP3 no computador da empresa? Ou por navegar no Orkut?

        Como é uma questão de interpretação, pode ser que a sua direção pense de forma diferente, aí sim poderá ter um problema.

        Outro dia, aqui na empresa, pegamos um funcionário que usava um OS Virtual (eyeOS) para, neste sistema online, usar o navegador e assistir vídeos, entrar no orkut, msn, baixar música, etc.

        O cara se achava mais esperto do que todo mundo. O dia que pedimos para ver o que ele estava fazendo, disse que era pessoal e que não iria mostrar.

        Insistimos e percebemos que no OS Virtual ele fazia tudo o que era proibido na empresa.

        Ele tentou dizer que as regras de empresa não eram claras sobre isso, mas sabíamos que ele tinha agido de má fé e indisciplinadamente.

        Foi dispensado.

        Assim, lembre-se: nem todo chefe é otário. E se um destes for TÃO ou MAIS esperto que você, poderá ficar irritado qdo perceber que você está dando um “jeitinho” de baixar arquvos proibidos pela norma da empresa.

        Brother, novamente, estou falando isso como amigo: Não estou te julgando, estou tentando te mostrar que você pode estar cavando um buracão para cair nele depois.

        Se um funcionário me pedisse para baixar este tipo de coisa eu perguntaria:

        O que é isso?
        Vai ouvir durante o expedinete?
        Não?! Ok, pode baixar durante o horário de almoço.

        Pronto! Vc fica dentro das regras da empresa e não coloca o teu na reta. Sacou?

        Abraços e boa sorte!

        aLx

        • iskilo666 disse:

          Galera, essa parada é muito pessoal e depende de cada caso.. Sabemos que a maioria das regras existem pq não podemos contar com o bom senso de todas as pessoas, que elas saberão os limites do que estão fazendo, etc..

          Acredito que nosso amigo Reinaldo conhece a estrutura da empresa, tem consciência de que esse pequeno arquivo mp3 não vá deteriorar a internet da mesma..

          Da mesma forma que acho, que se a empresa estivesse realmente prejudicada, já teria o procurado e esclarecido esse assunto.

          Já defendi aqui, que depende da natureza do trabalho da pessoa, ouvir podcast até aumenta a produtividade. Existem épocas que meu trabalho fica extremamente sacal, como preencher banco de dados, editar mapas, em suma, não preciso raciocinar muito.. Nesses casos, os podcasts me ajudam muito, pois suprem minha necessidade de consumir alguma mídia, e não vou abrir email, ver twitter no celular, essas coisas.. Além do tempo passar mais rápido e mais agradavelmente, ajudando a cumprir as 8 horas mais longas do dia.. hehe

        • REINALDO disse:

          Sim senhor, entendo todas essas coisas, já fui admin de rede e ficava em guerra com meus usuários, procurando formas utilizadas para burlar a minha segurança e denunciando para os chefes, mas agora minha situação é um pouco diferente, estou atuando como analista e desenvolvedor, existem dias agitados onde preciso ficar em contato com pessoas, telefones, clientes, e-mails e não consigo nem colocar o fone na orelha, mas também existem dias em que eu fico apenas desenvolvendo e muitas dessas vezes são tarefas chatas que dão muito sono, como por exemplo, validar todos os botões de um site, redesenhar uma tela ou consertar códigos. Para esses casos eu preciso de uma distração que não me faça cair dormindo sobre o teclado, no ambiente de desenvolvimento é comum trabalhar escutando alguma coisa, há quem prefira música mas eu prefiro podcasts. Se essa opção for tirada de mim, vou continuar fazendo meu trabalho e tentando fazer da melhor forma possível, mas acredito que a produtividade cairá um pouco.

          Quando eu trabalhava como “peão”, eu nem sonharia em fazer essas coisas, mas como agora tenho um pouco mais de liberdade no trabalho que faço, e mesmo depois de alguns anos ninguém reclamou das risadas que dou olhando pro código fonte do site (e escutando podcasts), então continuo com minha jornada rumo ao trabalho + podcasts.

          • aLx disse:

            E o pessoal que prefere música… como eles fazem?

          • REINALDO disse:

            Musica geralmente se traz de casa, e baixou uma vez não precisa baixar mais, só rola um compartilhamento pela rede que a empresa não concorda.

          • aLx disse:

            A Empresa não concorda com o compartilhamento dos arquivos pela rede E MESMO ASSIM VOCÊS COMPARTILHAM?

            Olha, brother, pra mim fica cada vez mais claro que existe um problema sério de disciplina no seu departamento.

            Isso pode não ser culpa dos funcionários, mas do responsável que não faz cumprir as diretrizes da empresa OU faz vista grossa para esta prática.

            Se for o caso, talvez coubesse uma discussão sobre estas limitações, uma vez que parece que ninguém cumpre mesmo.

            abraço.

            aLx

      • .
        .
        Concordo com seu ponto de vista… “Burlar” seria dar um jeito de baixar o MP3… tecnicamente vc está correto!
        .
        .

        • REINALDO disse:

          Na minha resposta acima eu falei mais da questão “ouvir podcast no trabalho” do que de baixar o zip na empresa. No meu caso, que estou constantemente baixando coisas pesadas para trabalho, como planilhas com mais de 50Mb, Instaladores do Java, Oracle, Eclipse, Servidores, etç. A porcentagem de internet utilizada baixando podcasts chega a ser de menos de 5% da minha utilização mensal.

          Tem mais um fator que ao menos eu conto como ponto à meu favor, eu não baixo todos os podcasts dos computadores da empresa (só a maioria), alguns eu consigo baixar pelo meu celular (symbian + 3g) , porem não são todos os sites que estão preparados para visualização em celular, quando eu tento abrir um site despreparado em meu telefone, acaba estourando a memória devido a quantidade e tamanho em Kb de imagens que aparecem, não me restando outra alternativa senão contar com a disponibilização de um ZIP e utilizar a internet da empresa emprestada.

          Observação: Algo que eu definitivamente não poderia estar fazendo era acessar um site com o titulo “Bate Papo” durante o trabalho, mesmo o site não estando bloqueado e seu conteúdo não ser realmente um bate papo, esse título pega mal.

          • aLx disse:

            Pra resolver isso, acho que você disse que não tem internet em casa… não sei onde você mora, mas quase não consigo imaginar uma casa sem internet em São Paulo.

            De qualquer forma, não seria uma opção um PenDrive em LanHouse?

          • REINALDO disse:

            Ficou entendido que eu não tinha internet em casa, mas eu tenho sim, tenho internet em casa e no celular, moro em são Paulo.
            A questão é tempo, meu cargo exige 120% de dedicação, quando não estou na empresa estou na faculdade, e quando consigo ir para casa é apenas para dormir por algumas poucas horas. Essa também é a situação de muitos desenvolvedores que conheço. Não disponho de muito tempo para procurar e baixar conteúdo, sobrevivo com o que consigo utilizar via 3g, quando o site é preparado para visualização em celular (e quando o 3g funciona), ou quando o site disponibiliza um zip, me permitindo efetuar o download nos computadores da empresa.

          • aLx disse:

            Reinaldo,

            Acredito que a melhor forma para que automatize esta tarefa seria utilizar um iPod e iTunes para assinar os PodCasts que costuma ouvir.
            .
            Desta forma, assim que novos episódios forem lançados poderá baixá-los. Ao chegar em casa, basta espetar seu iPod no computador e mandar sincronizar o iTunes sincronizar os dados com o iPod enquanto dorme (além de recarregar a bateria).
            .
            Existem outras soluções, para quem não usa iPod/iTunes, leitores de RSS que façam os downloads dos episódios, por exemplo. Mas neste sentido não tenho experiência para indicar nenhum app.
            .
            Tudo isso vai depender, logicamente, do que você estiver disposto a fazer para poder se posicionar corretamente de acordo com as regras da sua empresa.
            .
            Por mim, já deixei claro que a opção de baixar ZIP para burlar as regras da sua empresa podem ser um complicador, caso algum superior perceba o que você está fazendo. Sem querer criticá-lo, mas falando novamente como gerente, eu não deixaria de chamar a atenção verbalmente ou por escrito para tal atitude.
            .
            Abraços.

          • .
            Isso me deu uma boa idéia… Conversarei com a rapaziada sobre criarmos o mobile.piratacast.com – Seria uma versão bem simples pra galera que usa o 3G poder baixar com mais facilidade… O que vc acha?
            .
            .

          • aLx disse:

            Acho sensacional. Ia resolver o problema pra muita gente.

            Para mim particularme, não seria muito útil, pq, uma vez em casa, só me conecto enquanto a patroa coloca as crianças pra dormir.

            Por falar nisso… preciso de uma teclado mais silêncioso, tipo o do iMac.

            =D

          • REINALDO disse:

            Ao menos para mim, se o site tiver a opção mobile não precisarei do zip, porque vou conseguir baixar pelo meu celular. Só tem um problema, o arquivo não pode ficar em um megaupload da vida, porque se o download parar na metade (e vai acontecer), não da pra continuar, agora quando o arquivo está direto no site eu consigo continuar o download quantas vezes forem necessárias, e como disse, é necessário porque meu 3g vai de muito bom à muito ruim e volta para muito bom em questão de segundos!

  6. Salve, pirataiada.

    Ok… saltitante com crise de meia idade à beira do exame de toque.
    Que palavras carinhosas, agora tenho certeza que vocês me adoram. ;-D

    Valeu por linkar o zine, camaradas.

    Abração.

    PS.: Tenho que aplaudir a disposição do aLx. Está se mostrando um comentador contumaz da podosfera. Tenho visto sua presença em vários podcasts diferentes, sempre disposto a tecer comentários (em sua maioria, gigantes) e discutir diversos assuntos com o pessoal. Aliás, em alguns casos, “discutir” mesmo. ;-D

    • aLx disse:

      Obrigado, Kio.

      Também sempre ouço falarem (muito bem, diga-se de passagem) de você nos podcasts que ouço.

      Acho que comentar é a forma de me manifestar e prestar algum tipo de feedback das minhas impressões dos podcasts.

      Sou muito agradecido a todos os que se dedicam a preparar este conteúdo que muitas vezes é a nossa diversão no transporte de casa para o trabalho.

      Como já disse em alguns podcasts, participo de discussões (e em alguns casos DISCUSSÕES mesmo) desde 1997/1998, então já sei como me comportar.

      Veja o meu site e vai entender de onde vem isso.

      Abraços.

      • Compartilho dessa opinião, aLx. O feedback é a forma de mostrar gratidão e, principalmente, de interagir com aqueles que fazem parte de um bom tempo de nosso dia a dia.
        Seu nick direciona para um fórum, então tá explicada a disposição em trocar ideias. =D
        Abraço.

        • aLx disse:

          Sim, este é o meu fórum de Produção Gráfica.

          Voltado para profissionais da indústria gráfica e aqueles (raros) que queiram aprender a trabalhar com PhotoShop, Illustrator, InDesign, etc…

          Tenho o orgulho de receber elogios que dizem ser o melhor site sobre este conteúdo na língua portuguesa.

          Tem um tópico [NOTÍCIA] História do All4PG — 2002 / 2009 que conta a história da minha participação em discussões pela internet.

          A narração começa em 2002, mas o início foi bem antes disso. Em 2002 foi a data dos primeiros registros que encontrei.

          Sorry pelo jabá.

          Sintam-se à vontade para eliminar este post, caso seja contra as regras da casa.

          Abraço.

          aLx

    • .
      .
      Acredito que ele entrou no “espírito de ser o último comentador do podcast”, como sugerimos no Papo.
      Tô adorando isso, e queria que todos seguissem seu exemplo movimentando os comentários por aqui!
      .
      .

      • aLx disse:

        Não que eu queira ser o último, mas enquanto tiver conversa, tô aí!

        Eu curto comentários com conteúdo, com conversa. Fico triste qdo vejo o NerdCast sair e depois de 20 minutos tem 100 comentários só de encheção de linguiça.

        No Paranerdia, a minha MACUMBA anda fazendo o Paulo Henrique Amorin Master não receber mais e-mails.

        Mas desse jeito é muito mais legal e interativo…

        Para azar de vcs, se continuar assim, vai ter que rolar o PAPO PAPO PIRATA. Leitura dos Comentário da Leitura dos Comentários!

        kkkkkkkkkkkkkkkkk

        Abrassssss

        aLx

        • .
          .
          Rapaz… A gente até queria ter tempo pra fazer esse “Papo Pirata” do “Papo Pirata”, mas tá complicado o negócio… Uma coisa é certa.. Você e o Reinaldo já merecem uma menção honrosa no próximo! hehehe
          .
          .

        • Olá Axl tudo bem?
          eu não concordo 100% com sua frase que “atrás de uma proibição vem um abuso”
          Os tempos mudam, as pessoas não são iguais, podemos ver no caso do nosso amigo que ele tem uma necessidade de fazer isso no trabalho, mas não abusa da mesma, porém muitas vezes o chefe não abre excessão para ela para não dar mal exemplo e ter que fazer isso com todos, ai o cara acaba ficando forçado a burlar o sistema, mas acho que hoje em dia privar o funcionário totalmente de internet no trabalho é a mesma coisa que cortar os livros de um estudante (pensando num mundo sem internet), já que muitas vezes precisamos fazer pesquisas que estão fora daqueles sites liberados.
          A solução que eu propus na empresa e que foi acolhida quase que de imediato foi a criação de um pc exclusivo para uso fora do horario de trabalho (horário de almoço e lanche) que pode ser feito de tudo, e como o mesmo fica exposto a olhos de todos, fica mais complicado de alguém se meter a besta de fazer merda, portanto fica essa dica para os patrões mais desconfiados…

          PS. Jabour quando sai o casório?

          • aLx disse:

            Boa Noite, Fabiano.

            Que bom que não concorda 100% comigo, assim podemos discutir e talvez o ponto de vista de ambos seja aprimorado, reforçado ou alterado.
            .
            Acho que você inverteu a minha frase, dizendo:

            “atrás de uma proibição vem um abuso”
            .
            Eu digo que “Toda Proibição é precedida por um abusco”, ou seja, na maioria das vezes o abuso acaba causando a proibição. E entendo que existem empresas que são, desde nascença, COLÉGIOS MILITARES.
            .
            Concordo contigo que proibir o uso de internet, hoje em dia, é procurar confusão. Por exemplo, na empresa em que trabalho não existem tais proibições.
            .
            Temos liberdade de usar a internet, mas também temos a responsabilidade de encerrar todos os aplicativos online quando alguém precisa baixar um arquivo monstro.
            .
            Como já disse, trabalho com Produção Gráfica e às vezes recebemos arquivos de 600mm x 390mm com 9 canais de cores em 300ppi. Consegue imaginar o peso disso?
            .
            Aí, até o dono da empresa é avisado que deveremos fazer uma pausa no uso da internet para priorizar este download.
            .
            A parte que mais discordo, de tudo que você disse é “ai o cara acaba ficando forçado a burlar o sistema”.
            .
            Não existe isso. Uma empresa não é uma democracia. Se existe uma regra proibindo o funcionário de ir trabalhar de AZUL, ele OU respeita OU é demitido.
            .
            Entra de “Azul Pepsi” na Coca-Cola e veja o que acontece!
            .
            O que propus ao Reinaldo é que tente discutir esse ponto com seu superior. Se ele disser que “tudo bem, pode baixar em tal horário” beleza. Mas e se o cara disser “Olha, não pode e já estamos de olho em quem anda burlando as regras, baixando e trocando MP3 pela rede da empresa”. Como fica?
            .
            Você iria correr o risco de ser despedido por um MP3? É nisso que estou insistindo.
            .
            Sinceramente, espero que vingue o estudo de um PodCast versão MOBILE para que nosso amigo não corra riscos desnecessários. Ou alguém acha que estou torcendo pro cara se ferrar?
            .
            Abraços.
            .
            aLx

          • .
            .
            Tá marcado pra 12/05/2012.
            .
            .

        • axl, só pra fechar,
          “atrás de uma proibição vem um abuso” e “toda proibição é precedida por um abuso” são frases com o mesmo sentido semantico…

          • REINALDO disse:

            Continuo concordando e descordando ao sr. aLx, concordo porque já tive cargos de escritório e até mesmo de peão, também já fui admin de rede e sei como essas coisas funcionam, mas descordo pela minha situação atual, como citado pelo Sr. Fabiano, é extremamente complicado a empresa bloquear meu acesso à internet, porque sou desenvolvedor, se eu não possuir acesso à internet, a empresa vai ter que me comprar inúmeros livros, e sempre que eu precisar tirar alguma dúvida sobre algum código, precisarei ficar algumas horas procurando o que eu preciso nos livros, ou seja, produtividade zero.
            Como não abuso e todo mundo sabe que eu ouço podcasts durante o trabalho, e sabem também que alguns eu baixo durante nos computadores da empresa, não vejo motivo para não ter um zip com o podcast, se algum dia meus chefes reclamarem, tenho certeza que não será de forma agressiva quase mandando embora, porque sou um bom funcionário, faço meu trabalho bem feito e até mais do que é necessário, não preciso burlar o sistema diretamente porque o arquivo zip está liberado, se reclamarem que eu estou baixando um conteúdo inadequado irei parar, mas como disse, todos sabem o que eu faço e como faço, não estou agindo diretamente contra as normas.

          • aLx disse:

            Não, cara. Analisa aí:
            .
            “atrás de uma proibição vem um abuso”, ou seja, a proibição causa o abuso.
            .
            “toda proibição é precedida por um abuso” o abusco causa a proibição.
            .
            Entendeu a diferença?
            .
            REINALDO,
            Justamente por você ser este profissional responsável, que acho que o mais certo seria trocar uma ideia com teu superior.
            .
            Abraço.
            .
            aLx

  7. REINALDO disse:

    Eu gostaria de concorrer ao prêmio de último comentário.

  8. REINALDO disse:

    Passei para dizer que estou baixando o papo de gordo versão zipada (Domingo quase noite e ainda estou trabalhando), foi cegueira minha mesmo está um pouco acima do download do mp3, no texto “Ou clique aqui para baixar a versão zipada”

  9. harryalerta disse:

    LAST!!!!!

  10. aLx disse:

    Esclarecido!

    O problema está no feed do iTunes, veja a imagem no link.

    http://i39.tinypic.com/121y3rn.jpg

    O feedburner está OK. Agora assinei por ele.

    Abrassss.

    aLx

  11. Junior disse:

    Eu concordo que a proibição de acesso a redes sociais tenha decorrido de abusos, mas a proibição de baixar arquivos eu acho que decorreu de uma necessidade e explico.
    Nos áureos tempos de internet a manivela a banda larga era um luxo que a maioria das empresas não podia bancar e quando bancavam, era através de compra de links diretos para empresa de 256kbps que eram compartilhados por vários andares e com dezenas de maquinas ou absurdos de um modem de 56kbps roteado para 15 maquinas.
    Nessa época em que email de 10 megas era um luxo, até baixar uma planilha ou um documento do Word travava a rede e a necessidade de que os usuários da rede economizassem cada Kb da rede era premente e aliado ao tamanho dos hds da época, chegou-se ao ponto de criarmos regras de bloqueio para quase tudo que não viesse por email.
    Hoje esse custo para empresas caiu absurdamente e a velocidade subiu na mesma proporção, pelo menos nos grandes centros, e eu acho que hoje é desnecessário o bloqueio de tudo e apoio uso consciente da rede com a fiscalização direta da empresa.
    Por exemplo o aLx citou o caso do funcionário que usava um os virtual para burlar o sistema e foi mandado embora, pois bem na maioria dos casos não existe uma fiscalização individual dos funcionários na rede com identificação e o que ele está usando naquele momento e se o funcionário é pego no “fraga” depende de provas testemunhas para uma demissão por justa causa e como prova testemunhal é complicada acaba que na maioria das vezes a empresa demiti pagando as verbas trabalhistas ou acaba a demissão por justa causa sendo revertida na justiça do trabalho, o que ambos os casos gera ônus excessivo para empresa.
    Agora imagine esse mesmo caso com identificação da rede do funcionário do que ele está usando, regras claras de acesso do que é permitido ou não como por exemplo ele poder usar o itunes para comprar musicas e baixar podcast mas é proibido de baixar vídeos e mp3 sem ©, isso vai deixar o funcionário feliz e a empresa assegurada que caso ele extrapole essa regra uma demissão por justa causa seja passível de comprovação.
    Hoje existe decisões a esse respeito até pela utilização do email pessoal no ambiente de trabalho cujo funcionário acessava para ver fotos picantes durante o trabalho e que a justa causa foi confirmada no TRT, então eu não acho que só proibir basta acho que tem que existir a educação também do funcionário e uma maleabilidade das empresas.
    Essa educação é valida até para as redes sociais e comunicadores instantâneos, que se bem usados economizam dinheiro para empresa e facilitam a integração dos funcionários que as empresas estão cada vez mas utilizado a seu favor.
    Para concluir, eu acho que no caso do podcast é vantagem para empresa até mesmo que o funcionário burle o sistema e baixe o zip, podcast é cultura, informação e diversão, a empresa vai se beneficiar com o aumento da produtividade do funcionário se ele aprender alguma coisa, pois além dos podcast sobre tema variado existem os empresarias sobre assuntos específicos, ou até mesmo se o funcionário baixe um podcast de humor e chegue feliz na empresa em razão da viagem dele de ida e volta ao trabalho ser divertida e engraçada por causa de um podcast que ele não teria acesso por que a sua residência não é coberta por algum provedor de banda larga.

    • REINALDO disse:

      Caramba! Se eu não gostasse de ler ficaria até com preguiça agora, muitas letras juntas nessa opinião sr. Júnior, parabéns.
      Nos casos que presenciei, o problema maior é que a “gestão máster” ainda tem o pensamento que movia o mundo a 20 anos atrás, esse pensamento não é errado, mas mudou drasticamente, no meu cargo por exemplo, não importa se estou na empresa ou se estou em casa, existem finais de semana que não estou afim de gastar 4 horas do meu dia indo e voltando da empresa, eu uso essas 4 horas para fazer meu trabalho e o resto do tempo eu faço outras coisas, agilizando a entrega.
      Depois de muito tempo eu consegui provar para meus superiores que eu era uma pessoa responsável e que não importa se eu estava na empresa ou em casa, eu seria produtivo da mesma forma, mas ainda assim, por vários outros motivos essa liberdade só me é concebida nos finais de semana ou feriados, onde em quase todos eu trabalho, durante a semana eu continuo indo para a empresa no horário comercial.
      Mas não os culpo, porque eu estou tão afetado por este meio de pensamento que provavelmente quando eu for um chefe máster serei da mesma forma, mas acredito que, como também sou afetado pela nova geração, ficarei no meio termo, serei rígido mas nem tanto.

      Eu apoio a proibição no trabalho, porque quem respeita as regras se acha um idiota quando vê outros não respeitando (já vou me explicar).
      No meu emprego eu trabalho muito, mas muito mesmo, tenho que dar apoio à várias pessoas, tenho muita coisa para fazer, e eu me dedico ao máximo ao trabalho, tanto que eu gostaria de jogar Skyrim mas mal tenho tempo de ir para casa baixar podcasts, porém eu vejo pessoas ao meu redor que, mesmo com muito trabalho pendente, ficam no MSN, e isso me irrita muito! Eu não tomo providências porque não me afeta, apenas me irrita, mas se o fato da pessoa usar o MSN começar a atrapalhar o meu trabalho, ai a coisa vai ficar séria.

      Não é apenas um caso, no meu meio posso dizer que isso acontece com 7 de cada 10 desenvolvedores (eu tento ficar entre os 3 que respeitam o trabalho, porque quero deixar de ser pobre um dia), isso aliado ao pensamento mais “antigo” que falei anteriormente dificulta muito a liberação de meios de entretenimento no trabalho.

      • aLx disse:

        Sei bem do que está falando.
        .
        Se o procedimento dos seus colega te irrita, pode ter certeza de que já está te influenciando.
        .
        Se nada for feito por parte da empresa, sua dedicação vai entrar em uma curva descendente até que se sentirá totalmente desmotivado.
        .
        Recomendo que ouça o podcast do Max Gehringer, acho que ele já abordou este tema.
        .
        Abraço.
        .
        aLx

        • REINALDO disse:

          Rapaz, o conteúdo dos podcasts desse cara aparentemente são interessantes, todos voltados ao trabalho ou carreira, mas não vou conseguir ouvir agora, não encontrei a opção zip e aquele player de audio que está no site não funciona no meu celular (lembrando que é um smartphone symbian e não estou com vontade de trocar). Já deixei na minha lista de pendencias para baixar/ouvir em casa, quando conseguir.

          Obrigado pela dica.

  12. eu me assusto com o nível das discussões dos comentários do pirata cast!

    Mas axl, eu acho que vc não ta pensando direito e as duas frases tem o mesmo sentido sim
    vamos analisar a que eu escrevi para ver se te convenço
    “atrás de uma proibição vem um abuso”
    a proibição vem depois de um abuso, ja que na minha frase eu digo que antes de proibir, alguem abusou…
    sinceramente acho que isto esta bem claro, ou eu sou analfabeto e teimoso ahahhaha

  13. hahaha, rendeu legal essa conversa, to adicionando voce no tuviter alx e reinaldo (o twitter do reinaldo eu nao sei)

    • REINALDO disse:

      Twitter vou ficar devendo, não tenho e ao menos por enquanto também não tenho interesse. Não consigo comprimir meus pensamentos em meros 140 caracteres e não gosto de escrever errado (vc, tb, kd, miguxu, etç). Não que eu seja contra ou odeie quem tenha, apenas não consigo utilizar, assim como também não consigo utilizar msn, peguei trauma de tanto ler coisas assombrosamente erradas e/ou textos infestados de imagens.
      É uma ferramenta boa, mas não me agrada.

  14. Léo Bruski disse:

    Fala grandes piratas!!
    Leram meu dois comentários fiquei contente da vida!
    Mandarei sim recados de voz para o natal 2011, aguardem e confiem!
    No mais agradeço a oportunidade de lerem meus playstations e estou sempre acompanhando o trabalho de vocês!
    Aquele abraço!

  15. REINALDO disse:

    Gostaria de deixar uma informação e pedido aos piratas.
    Caso decidam fazer um site acessível e/ou mobile (tenho um artigo sobre isso em meu site: http://codeerror.wordpress.com/acessibilidade/), gostaria apenas de lembrá-los que no Brasil, onde acredito que estão a maioria de vossos ouvintes, IOS e Androide não são a maioria. Assim como eu, grande parte da população móbile brasileira utiliza symbian ou outros sistemas e só iremos trocar quando o celular não funcionar mais, outra grande porcentagem utiliza sistema operacional indefinido (celulares ching-ling de 999 chips).
    A porcentagem de brasileiros com ios ou andróide não passa de 30% juntos (informações que eu tinha no começo do ano), no próximo ano também ficará mais “famosinho” o Windows Phone.
    Esses dados são apenas para pedir que, caso façam um site acessível, não o façam apenas para andróide e/ou IOS.

    Algo que me deixou revoltado com o Google foi isso, eles alteraram a interface gráfica de todos os seus serviços, e agora mesmo a versão móbile do Google reader não funciona mais em meu celular, vou ter que procurar outro serviço ou programa que funcione e migrar todas as minhas assinaturas para ele, para não ficar completamente desatualizado.

  16. Zé Love disse:

    Ae galera que gosta de podcast como eu, e quer produzir mas não tem uma galera mande um e-mail pra mim diogotavares507@hotmail.com
    Pretendo fazer um podcast sobre assuntos gerais mas com humor é claro.

  17. REINALDO disse:

    Os comentários pararam… acho que é um bom momento para:

    LAST!!!

  18. REINALDO disse:

    É impressão minha ou esse papo pirata foi o terceiro podcast mais comentado entre todos os casts do baupirata?

  19. aLx disse:

    Pô, brother… uma discussão tão boa e vc me vem com “Last”???

    =[

    • REINALDO disse:

      Acho que você não ouviu o podcast inteiro…
      Fomos estimulados pelos piratas a tentar ganhar o troféu de último comentário no post (briga eterna, aumentando cada vez mais o número de comentários) e estou tentando ganhar aqui, lancei alguns “Last” anteriormente também, só dar uma olhada nos comentários acima.

      Quanto à nossa discussão, acredito que já tenha se encerrado, expusemos nossas ideias e as defendemos, várias vezes, acredito que da nossa parta não tenha mais nada novo para complementar sobre o assunto, apenas continuar defendendo as ideias, ao menos para mim se continuar nesse assunto vou apenas expor as mesmas ideias e vai ficar repetitivo, caso me seja feita alguma pergunta um pouco diferente dentro do mesmo assunto ficarei feliz em responder, mas para continuar escrevendo apenas, acho que vou deixar o assunto na “mesmice”.

      Seria muito bom se outras pessoas, de outras profissões e cargos comentarem como as coisas funcionam em seu local de trabalho, mas pelo tempo que passou acho que vai ser difícil.

      Meu “LAST”, além de incentivar a competição pelo último comentário, como já informei, também serve como forma de manter os comentários ativos, assim todos os que recebem uma notificação quando alguém posta algo novo ficarão instigados à acessar o site e talvez até comentar algo, assim como você fez (sensação de trabalho realizado!).

      Como deve ter percebido eu não deixei apenas esse comentário, também iniciei um outro assunto esperando que alguém o responda, levantei a questão da quantidade de comentários que esse papo pirata atingiu, e se continuarmos assim poderemos bater outro record no site, acho que mais 10 comentários e chegamos ao segundo lugar, espero contar com seu apoio (me deixando ganhar o prêmio de último comentário, claro).

      Acho que já escrevi demais, é melhor parar senão ninguém var ler.


    .
    @jabour_rio, @iskilo666, @junior_cq,
    @cleverson, @piratacast, @baupirata