Facebook do Piratacast Twitter da Equipe Piratacast TV do Bau Piratacast, Diário de Bordo e Papo Pirata Feed do Site Feed do Podcast Assine no Itunes Entre em Contato

Piratacast 25 – É festa!

11 / maio / 2011
Papagaio Pablito


Você, ouvinte bucaneiro, é bom de festa? Sabe como festejar ou é daqueles que ficam no canto a noite toda? E de penetrar (em festas), você entende? Neste podcast Jabour_rio (@jabour_rio), Iskilo (@iskilo666), Junior (@junior_cq) e Cleverson (@cleverson) contaram com a presença de Angélica Hellish (@AngelicaHellish) e Gisa (@gisaiagami) para debater toda a cultura e a tradição por trás das festas, sejam elas quais forem.

Neste episódio você vai aprender o que fazer e o que nunca fazer para organizar uma festa, qual a melhor forma de se dar bem e como se comportar no casamento alheio, além de ouvir muita reflexão musical, descobrir quem é o #piratacaster pagodeiro e quem de nós é um ladrão de tupperware.

LINKS RELACIONADOS:

– Masmorra Erótica [Angélica Hellish]
– Gurias Nerds [Gisa]
PodcastinBoteco [Site com agenda, fotos e vídeos do evento]
– A última festa de solteiro [Submarino]
– Se beber, não case! [Submarino]
– Se beber, não case! – Parte 2 [Trailer]
– Quatro casamentos e um funeral [Saraiva]
– Superbad [Submarino]
– American Pie [Submarino]
– Entourage  [Submarino]

Opine ou conte-nos alguma experiência pessoal relacionada ao tema no espaço de comentários abaixo ou envie um e-mail para o piratacast@piratacast.com que comentaremos no próximo PAPO PIRATA, o nosso podcast de feedback da galera.

EDIÇÃO e TRILHA SONORA:
Iskilo666 e Jabour_rio

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

 

Piratacast 25 – Festa!

Download MP3 64k

Download ZIP 128k

Quer ter todos os artigos do Baú Pirata e/ou os Podcasts
de forma automática direto no seu computador? Assine nossos feeds!

 

Categoria(s): Piratacast

26 marujos comentaram até agora...

  1. Drigo Menezes disse:

    Ficou legal esse cast sobre festas principalmente por conta da coincidência com aniversário do blog.

    Tenho duas histórias pra compartilhar com a galera que vão fazer todos pensarem duas vezes antes de decidirem dar uma festa em casa.

    1 – Uma colega de trabalho resolveu uma vez fazer uma festa junina para comemorar seu aniversário. Tudo correu bem, todo mundo se divertiu mas no fim da festa quando chegou a hora de dar um jeito na casa, a gente percebeu que o banheiro estava fedendo muito e sem motivo aparente já que estava tudo limpo. Pois bem, olha daqui, olha de lá, a gente descobriu que alguém tinha feito o “número 2” em um tapete, e escondido a obra de arte atrás do vaso.
    2 – Festa de Reveillon em um casarão em Pendotiba, Niterói. Gente bonita, muita comida, música maneira, tinha tudo pra ser a melhor festa de Reveillon da minha amiga “Coruja”. Beleza, num dado momento, a “Coruja” e o namorado ficaram cansados e resolveram dormir. Depois de um tempo deitada ela percebeu que tinha mais alguém junto com ela e o namorado. Era o ex dela que estava bêbado e pelado. Pra convencer o cara a sair de perto dela sem acordar o namorado foi uma luta, mas depois de um tempo ela conseguiu. Pra fechar com chave de ouro, no dia seguinte quando acordou ela percebeu que tinha perdido o casaco que tinha usado na noite anterior. Procura ali, procura acolá, ela lembrou que tinha ido ao banheiro no meio da festa. Chegou no banheiro e não deu outra: o casaco estava lá, dobradinho num canto. Quando foi vestir o casaco a surpresa: O casaco estava todo cagado, de uma ponta a outra.

    Sobre festas e bebida, eu não bebo e sempre me divirto muito independente disso. Também sou da opinião que a companhia é que faz o evento ser legal ou não. Já fui há várias festas que tinham tudo pra ser programas de índio mas onde fui salvo pelos amigos.

    Junior backing vocal de grupo de pagode?? Ainda estou digerindo e preciso de fotos/vídeos que comprovem isso…

    Nota: Sentar numa mesa de bar com o Iskilo pode sair muito caro.

    Por enquanto é só, abraços!!!

  2. Opa piratas.
    Na época que eu tinha 16 anos até os meus 20 anos, quem se fudia com essa história de festas na casa era eu, sempre dava uma de anfitrião.
    Coisas bizarras sempre acontecia e teve uma época que eu me imputecia quando ficava bebado e saia expulsando todo mundo de casa quando achava melhor…
    Mas o esquema de dar festa em casa tem suas vantagens, sempre rola uma mina pra você e como vc ja ta em casa, fica fácil traçar.
    A época de mais loucuras em festas com certeza é a época de faculdade, principalmente nas festas no campus universitário, aquele tipo de festa que vc vai sem nenhum centavo e volta pra casa trebado!
    Poderia contar diversos causos aqui, mas to pensando melhor e vou deixar pra outra oportunidade hahaha
    abraços

  3. iskilo666 disse:

    Vídeo da Festa na Limosine, na série “How I Met Your Mother” *ignore as legendas..

    Shot through the heart and you’re to blame.. You give looove a BAD NAME!!

  4. RenanAspira disse:

    Como assim Convenção é ruim?!

  5. André Zuil disse:

    Puts Galera, ao melhor estilo Piratacast falar de festinhas de criança é sempre hilário, mas um fator tem que ser considerado, o Trauma do Jabour, puxando de volta o Cajuzinho do PirataCast, ficou revelado quem botou o apelido nele, os Tios, aqueles q ficavam pedido para ele mostrar a pequena criança… Ri horrores, na minha família, só teve um parente meio louco que queria ficar ensinando as coisas, tipo: Quando vc for pegar uma menina faz assim, quando vc estiver na cama com ela, faz assado e depois contava história (provalvemente mentirosas) sobre as grandes pegadas dele.
    Festinha de criança é sempre maneira pela quantidade de comida, levar “marmita” pra casa é normal, esses tempo eu fui no aniversário da filha de um amigo, estava com rodizio de pizza na casa, quando fui embora, não só levei uma cumbuca gigante de docinhos, como levei uma pizza grande também, hehehe claro q o pai da menina é tipo, best friend ever, então ganhar uma pizza EGG de 5queijos é naturalmente normal, familia adorou, 2 dias comendo pizza em casa.
    Esses casts de histórias, são ótimos, me diverti muito, me identifico em muitos casos, o que preocupa.
    Abração do interior do KuDujudas…#Fui.

  6. FrankCastle disse:

    Fala aí galera! Mais um cast que todo mundo se “sente em casa”.

    Concordo com a Gisa, quando rola um clima tem que chegar na pessoa mesmo! E encorajo as mulheres a fazerem isso também, porque só nós homens temos que tomar a iniciativa? 😉

    Na minha casa, não curto fazer festa não 🙂
    Não sou uma pessoa muito “festeira”, não ligo muito para datas comemorativas, mas o legal de festas de aniversários e até mesmo datas como Natal e Ano Novo para reencontrar com alguns amigos. Pois devido a trabalho, estudos, conflitos de agenda, tem pessoas que só encontramos nessas ocasiões.

    Como não bebo, o que é mais proveitoso para mim nas festas é bater papo e trocar idéias com a galera até altas horas. Se você está cercado de bons amigos, acho que isso já basta.

    Um abraço! E parabéns pelos 2 anos! Me sinto feliz por ter acompanhado o Baú Pirata e Pirata Cast desde o início!

  7. Tourinho disse:

    Não sou de fazer cometários sucintos, mas esse vale:

    ESSE EPISÓDIO FICOU FODA!

    Tenho muitas histórias de festa, mas vou guardar pra contar no podcast de vergonha alheia que vamos gravar, rsrs

    Mais uma vez, parabéns a todos os envolvidos!

  8. Nobres Marujos!

    Muito bom este episódio. Ouvi, gostei e me diverti bastante.

    Parabéns!

  9. Salve Marujada!
    Sabemos que um cast é bom quando 1h:42m passam sem que percebamos.
    Muito bom o cast. as participações da Angélica e da Gisa deu um toque legal ao programa. tudo bem ser piratas, mas mulher de vez em quando é bom.

    Sobre o tema,nunca fui muito chegado em festas (Nerd Forever Alone) até por não gostar muito. Lembro que quando criança, como faço aniversário em Julho e meu Irmão em Agosto, as festas costumavam ser unificadas pra cortar despesas. Não sei vocês mas sempre detestei a hora de cantar “parabéns” . Ficar com aquela cara de “feliz” enquanto todo mundo canta me deixava sem jeito. nunca sabia como agir . e sempre tem aqueles que se acham os engraçadões e trocam os versos .Tipo “Pique Pique Pique” por outra palavra de baixo calão.(Ok, admito que quando eu estava do outro lado eu era um dos que cantavam assim hehehe)
    Organizar festas! eis algo que eu odeio. Lembro de uma festa de ano novo em que meu Irmão e eu chamamos uns amigos pra passar aqui em casa. Mesmo depois da maratona de arrumação, Passamos o Janeiro inteiro encontrando resquícios da festa espalhados pela casa. Foi uma vez pra nunca mais!
    Ah! o Jabour mencionou que quer fazer uma “Wii Party” deve ser algo como isso não?
    http://www.youtube.com/watch?v=liy-hy5RPYw

    Abraços e até o próximo episódio o/
    Wellington “Macgaren”

  10. Grida disse:

    Primeiro de tudo, PARABÉNS!!!
    Gostei da idéia do vídeo pro piá assistir depois de grandinho. Vou anotar isso haha!
    Realmente, festinha de 1 ano é uma coisa que a criança só vai lembrar se tiver foto.

    Festa de rico é um saco! Aquela comida que você não tem a mínima idéia do que é e nem como se come aquilo. Prefiro muito mais o risólis e o bolinho de queijo haha! Fora que tu tem que aprender a ordem dos garfos e copos a serem usados. Corta o tesão do ato de comer o quitute. E pegar mulher em festa de casamento é quase LENDA!

    Tô com a Angélica! Nem a pau eu iria numa festa de pijama haha!
    Agora eu quero meu aniversário com festa na limousine!!!

    Essa música do “pega uma baranga” que vocês usaram é do Pedra Letícia?

    É tenso também quando muita gente tenta organizar a mesma festa. SEMPRE dá merda.

    Nunca tive muito sucesso em organizar festas, meus aniversários estão aí pra comprovar haha!

    Bom… parabéns mais uma vez! O episódio ficou MUITO digno!

    Beijo!!

  11. Samukalhes disse:

    Eaí Marujada…
    Enfim consegui colocar em dia os casts, e um tempo pra vir aqui comentar…
    [off topic]
    No início do cast, quando comentaram sobre crianças pequenas em festas, pais desnaturados e tals, lembrei de quando fui ver Tropa de Elite 2 no cinema… Senta ao meu lado um casal com uma filhinha de no máximo 10 anos. Aí os pais achando que ia adiantar alguma coisa, tapavam os olhos dela.
    O pior é que nas partes engraçadas do filme, ecoava o som de crianças rindo no cinema…
    Mas enfim, o papo aqui é festa, e não pais desnaturados..
    [/off topic]
    Quanto à festas de aniversário, não lembro muito de festas para mim quando eu era pequeno, e além do mais, nunca gostei de festas de aniversário pra mim. Sei lá, não vejo graça no meu aniversário… gosto do aniversário dos outros, mas do meu não.
    Quando falaram de festas ‘da época do colégio’, lembrei de uma festa que uns amigos ‘tentaram’ organizar lá pelo 2º ano do ensino médio… A negada convidou um monte de gente, levou som, pc com um zilhão de músicas e o escambau. Só que… ngm compareceu… no final das contas ficamos entre umas 10 pessoas… ‘uhu, festão animaaadoo…’ uhahuauhauh
    Sobre beber pra fazer festa, também não bebo, o que não quer dizer nescessariamente que não aproveite ou não fique em estado de bebedeira…
    Sei lá, vai ver eu absorvo dos outros… com a vantagem de, no dia seguinte, lembrar de tudo o ocorrido.
    Mas concordo com vcs que a festa é boa ou não de acordo com quem vai, e óbvio, a tua afinidade com estas pessoas tbm.

  12. Salve, pirataiada.

    Parabéns pela data festiva, comemorada com um programa de altíssima qualidade, com as sempre excelentes Angélica e Gisa.

    Abração.

  13. Po programa ficou legal. Mas eu acho que faltou contar as derrotas das festas ou as vitórias de vocês. Ficou um pouco monotono por ter ficado com bastante tempo sem tanto conteúdo. Até eu tenho mas contos de festas para contar =)

    Curto muito o podcast e não parem das publicações!

    Vlw ai!

    • .
      .
      O problema de contar “as derrotas” é que já contamos muitas delas em outros programas aqui no Piratacast e lá no Filecast… pode procurar que vc acha muitas histórias de derrotas em todos os episódios anteriores da gente! hehe
      .
      .

  14. Ricardo Ferro disse:

    Vigésimo segundo!!!!

    hahahaa.

    Belo podcast, galera.

  15. Barba Farta disse:

    Fala Piratas,
    Baita episódio! Andei meio sumido da internet, mas já tinha ouvido o episódio. Então vim agora comentar.
    Caras, falando sobre as festas de rico x pobre, o que realmente acho é que o importante não é a quantidade de dinheiro do anfitrião, e sim a quantidade de frescura. Sendo que a quanto menor a frescura, maior a diversão.hahaha.
    É isso aí, galera. Abraços.

  16. […] descontraido e “cheek to cheek” com os ouvintes sobre a repercussão do Papo Pirata 24, Piratacast 25 – É Festa! e Diário de Bordo 04 – Fica, vai ter promoção!. O Papo Pirata é a forma que encontramos […]

  17. Marcos Tasca disse:

    Olá pirataiada!

    Sobre o feedback da leitura de e-mails e tempo do podcast!

    Acho o seguinte, o ideal de um podcast é de 45 a no máximo 80 min. Agora sobre os e-mails de 15min a 30min. Mas uma boa é informar caso a pessoa não queira escutar a leitura de e-mails, recados, etc. É em que ponto inicia realmente o podcast.

  18. RogerWillc disse:

    Olá piratas!

    Gostei bastante desse cast, foi bem divertido, parabéns.


    .
    @jabour_rio, @iskilo666, @junior_cq,
    @cleverson, @piratacast, @baupirata