Facebook do Piratacast Twitter da Equipe Piratacast TV do Bau Piratacast, Diário de Bordo e Papo Pirata Feed do Site Feed do Podcast Assine no Itunes Entre em Contato

[Seriekiller] – Glee

30 / ago / 2009
Cleverson


Glee

Bom galera, nates de começar com o post tradicional gostaria de pedir desculpas pela ausência da coluna semana passada. Vá lá que o Iskilo deu uma de João sem braço e postou sobre a Fall Season comentada no SpinOff, mas mesmo assim, fiquei com a pendência da minha parte.

O motivo é bem simples e, acredito eu, compreensivel. Tenho corrido muito por causa do TCC na faculdade e têm sido complicado manter-me online nas ultimas semanas… A staff do Baú que o diga.

Motivos devidamente expostos, segue a missa!

Hoje vou apresentar pra vocês Glee.

Glee é um seriado classificado como “comédia-musical“, criado por Ryan Murphy, Brad Falchuk e Ian Brennan, e vai ao ar pela Fox. Quando Murphy teve a idéia de filmar Glee o projeto inicial era rodar um filme e não uma série. Segundo declaração do criador, o plot é baseado na infância dos 3 produtores e seu envolvimento com o coral de suas escolas, entre outras coisas.

O seu episódio piloto teve um total de 10 milhões de espectadores, um número espantoso se levado em conta o desconhecimento sobre a produção.

As criticas sobre o piloto de Glee penderam muito, mas muito mesmo.

Enquanto alguns diziam que a produção contava com um enredo e um script muito manjado e batido, outro diziam que o seriado era um compacto de High School Musical e seriados com plots administrativos, como Grey’s Anatomy e The Office.

É realmente complicado de interpretar a série e as criticas não deixam de ter alguma razão.

O mais critico, na minha opinião, é que você tem de se esforçar várias vezes pra não desistir de terminar o piloto. As piadas prontas não tem graça, os professores não agem como professores, o casting não foi feliz, entre outras coisas.

Falando assim parece que tem tudo pra ser uma merda, mas é confuso. Você termina de assistir com a sensação de que alguma coisa boa pode surgir dali. O erro maior da produção foi focar demais no musical no piloto, ao invés dos personagens. Talvez isso justifique essa dificuldade de assistir.

Resumindo, ainda não tenho uma opinião definida.

PS: Um fato curioso sobre o seriado é que seu piloto foi exibido dia 19 de maio, mas a série só irá ao ar oficialmente no dia 9 de setembro. Ou seja, o piloto foi realmente um tiro no escuro.

Categoria(s): Seriekiller

3 marujos comentaram até agora...

  1. Almighty disse:

    Ryan Murphy criou uma das minhas séries preferidas: Nip/Tuck. Mas confesso que não gosto muito de musicais. Ouvi falar dessa série, e nunca procurei saber a respeito dela.
    Fiquei bem confuso com sua resenha, sinceramente não sei se vou correr atrás dessa série. Se passar na Fox brasileira, vou assistir o piloto pra avaliar melhor.

  2. Cleverson disse:

    É… a minha resenha ficou confusa mas é porque foi realmente dificil tentar formular alguma opinião sobre o seriado.
    Como eu falei, da mesma forma que têm algumas coisas que podem ser muito boas, têm outras que podem ser muito ruins.
    É esperar pra ver.

  3. Livia Ramos disse:

    Pois é, eu tentei assistir mas achei meio chato… acho que não continuarei vendo…


    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .