Facebook do Piratacast Twitter da Equipe Piratacast TV do Bau Piratacast, Diário de Bordo e Papo Pirata Feed do Site Feed do Podcast Assine no Itunes Entre em Contato

Olá senhores,

Hoje finalizaremos nossa odisséia sobre a parte prática de como investir na bolsa de valores.

Recapitulando, já falamos sobre o material pra quem está iniciando, sobre as corretoras, sobre os estilos de investimentos e expliquei o que são as ações e como funciona sua nomenclatura. Agora, pra finalizar, vou fazer um passo a passo de como acontece a compra ou a venda de uma ação.

Antes é necessário entender que uma operação de compra ou venda de ações, como outras ações de comercio, é feita em dois sentidos, ou seja, pra alguém vender alguém precisa querer comprar, e pra alguém comprar depende de alguém estar vendendo, e logicamente, acordarem um mesmo preço. E é assim que funciona, todo mundo que quer comprar lança as suas ofertas de compra no preço pretendido, e todo mundo que quer vender faz o mesmo no preço que quer vender. Toda vez que eles chegam num valor comum, é feita a operação. Perceba, então, que os compradores vão sempre querer comprar no menor valor possível, e os vendedores no menor, os meio-termos é que conseguiram fechar negócio. E é isso que chamamos do preço de uma ação, a quanto, naquele momento, ela está sendo negociada.

Agora, conta criada na corretora, dinheiro depositado, você receberá um login e uma senha pra acessar o seu painel no site da corretora, e lá usar o famoso Home Broker. Além disso, o painel das corretoras pode oferecer várias outras funcionalidades, desde as mais necessárias, como as tabelas com a sua carteira de ações, até analises para ajudar na escolha das operações.

O Home Broker é como se fosse uma plaquinha onde você anota o preço e a quantidade de sua oferta numa feira livre, só que num ambiente eletrônico na internet, te proporcionando fazer as operações sem sair de casa, que mesmo podendo ter funções mais avançadas, basicamente funciona da seguinte forma:
1° – Indica-se essa é uma operação de compra (C) ou venda (V).
2° – Coloca o nome da ação, lembre-se, 4 letras e 1 número.
3° – Escolhe-se a quantidade de ações que quer comprar ou vender (logicamente, você só pode vender o que já comprou, ou comprar o tanto que tem de grana na corretora)
4° – O valor que se espera comprar ou vender essas ações.
5° – O tipo da ordem, que pode ser principalmente: à Mercado, Limitada, Até o cancelamento e Stop.
6° – A data de validade dessa oferta (quando necessário)

Ordens a Mercado é aquela que vai assumir o preço em que a ação está sendo praticada naquele momento, e fará a operação. Ou seja, você não escolhe o preço, apenas a quantidade. É a operação mais rápida, e voltada pra quem não quer perder aquela oportunidade de jeito nenhum.

A ordem limitada é aquela em que você coloca o preço de interesse e a quantidade, ou seja, você só vai comprar as ações se elas estiverem até aquele “limite” de preço (se ela cair mais você compra também, o que é interessante!), ou vender apenas até o limite de preço colocado (se ela subir mais você vende também, mas se ela cair mais não).

A ordem até o cancelamento é quando você não especifica a data, ou seja, a oferta será liquidada em qualquer momento que alcançar o preço especificado, ou até o cancelamento pelo cliente.

E a ordem Stop, que é uma programação a partir de que preço poderá ser feita a operação, como se fosse um cabresto para evitar perdas, ou seja, se a sua ação começar a cair, automaticamente ela será vendida antes de prejuízos maiores. Esse é o principal recurso para se prevenir de quedas drásticas, mas também não consegue te prevenir 100%, como por exemplo, em situações de gap.

Outra questão é o número de ações que se podem comprar. Mesmo as ações das empresas sendo negociadas em lotes, ou seja, certo numero dessas ações, como 100 ou 100.000, que são vendidas ou compradas em cada negociação, nada impede que vc compre 10, 5 ou até 1 ação, que é a chamada compra no fracionário, comprar uma “fração” do lote. Por isso é importante negociar ações com bastante liquidez, pois quanto mais pessoas negociando, mais fácil será achar um “acordo” nos preços esperados.

Também não podemos esquecer que antes de decidir negociar uma ação, alguns estudos e considerações devem ser feitos, é o que chamamos de análise. As análises se dividem em dois tipos principais: a fundamentalista, que é o estudo da conjuntura econômica, juntamente com os resultados da empresa, onde são necessários conhecimentos contábeis pra saber analisar o balanço de uma empresa, e também a conjuntura econômica pra visualizar as oportunidades de mercado. E também a grafista, também conhecida como técnica, que é o estudo puramente científico e estatístico de gráficos e resultados das empresas já em bolsa, analisando tendências de altas e baixas. Esse tipo exige uma relativa afinidade com números e cálculos, uma formação superior em estatística também vem a calhar, mas existem vários cursos intensivos, como já citei, de análise gráfica que dão resultados satisfatórios em pouco tempo.

O ideal é saber e conseguir conciliar os dois tipos de análise, pois elas estão sempre correlacionadas, e não há consenso em qual dá melhor resultado. A análise técnica está mais na moda hoje, mas não pode ser tratada isoladamente. Exemplo foi a crise do ano passado, em que nenhum indicador demonstrava os grandes prejuízos que vieram (será?).

O principal cuidado que se deve tomar é não se empolgar com os hypes, a mídia costuma fazer muita festa em épocas de crescimento, mas preste atenção, se ela está subindo, a compra deveria ter sido feita lá embaixo, e então só curtir as altas de camarote. Existe uma brincadeira sobre o chamado índice William Bonner, ou seja, quando a mídia pesada começa a noticiar grandes ganhos com ações, quer dizer que já não é mais o momento pra entrar, as melhores oportunidades já passaram. O que me lembra outra frase clássica: “Compre ao som dos canhões, e venda ao som dos violinos”, e que eu acrescentaria, “com moderação”, hehe.

E assim terminamos essa primeira abordagem, lembrando que o objetivo desses quatro posts foi mostrar o quão fácil é o operacional de operar ações, contratando uma corretora e utilizar o Home Broker a partir de casa, desmitificando o medo que as pessoas têm de operar e poder abrir mais oportunidades de investimentos.

Também lembro que não sou profissional nessa área, e que se for percebido algum erro durante os textos, nos comunique através dos comentários que tentarei retificar. Perguntas, dúvidas ou observações também são aceitas e muito bem vindas, caso haja pedidos, volto com esse assunto posteriormente.

E como sempre, não fique perdido, consulte O Mapa”.

Categoria(s): O Mapa

8 marujos comentaram até agora...

  1. iskilo666 disse:

    Exato, opções, termos, já é uma parada que eu não conheço muito bem, nem me ariscaria falar…

  2. Carlos Fernando disse:

    Muito bom o guia, faltam os Derivativos e Mercados Futuros … 🙂
    Pensando bem, deixa quieto, ta MUITO bom sem complicar, parabéns cara, queria ter esse dom de sintese.

  3. Bruno Luiz disse:

    Muito bom o post. Acho que vou começar a “brincar” um pouco nos simuladores da bolsa e depois vou ir para a bolsa, mesmo com uma pequena quantia de dinheiro.

  4. Michael Spider_S4TO disse:

    Valeu iskilo! Ficou legal o post.
    Obrigado por resporder as perguntas dos posts anteriores.
    Estarei acompanhando os demais posts….
    iskilo, quais as açoes que vc tem na sua carteira???
    nao precisa responder se nao quiser =D
    valeu abraçossssss

  5. iskilo666 disse:

    @Spider_S4TO: Ainda sobre o que você perguntou ontem: Porque existem preços diferentes de corretagem no fracionário e nas demais? E exatamente porque quando se compra o lote, é uma compra bem maior, coisa de 5 mil reais, por exemplo, e por isso elas acabam cobrando uma taxa maior. Mas isso é com as corretoras que cobram valor fixo por movimento, geralmente, as que cobram porcentagem, é a mesma tanto pra lotes como pra fracionárias.

    E sobre as ações que estão não minha carteira hoje, devido a estar com pouco tempo pra estudar, to comprando só PETR4, um dos papéis de maior liquidez e volatilidade no mercado, da pra ganhar uma coisinha todo dia!! Uso o sistema de MME (Média Móvel Exponencial, que é das mais simples ferramentas de análise técnica, de uma olhada aqui http://wiki.advfn.com/pt/M%C3%A9dia_M%C3%B3vel_Exponencial , que também explica os vários outros tipos de análise) e acompanho os indicativos de alta ou queda, toda vez que ela está caindo, e o MME começa a indicar alta, eu compro algumas. Desde abril que eu só compro e não to vendendo, to esperando dar um pico legal. A mais barata da minha carteira nesse instante eu comprei a R$ 28, to vendo se ela chaga a uns R$ 34 pra vender.

  6. Spider_S4TO - 23 - Japão disse:

    iskilo, pra quem vai começar e pretende investir a longo prazo, a spinelli esta bom?
    o preço de corretagem deles não é o menor do mercado, esta em 5.90 no fracionario e 16.90 no lote padrao.
    mas no momento nao sei se tenho condicaoes de comprar por lote padrao…. =D
    tbm notei que eles estão em um nivel a mais no quesito de segunça pela movimentação via internet com o site criptografado.
    outra pergunta, se por acaso, um lote padrão ser 100 e eu compre 90 açoes, irei pagar pela corretagem no valor padrão ou fracionario?
    valeu iskilo abraço

  7. iskilo666 disse:

    Cara, a Spinelli é uma das maiores e mais bem conceituadas corretoras, e pelo que me lembro, não é tão barata assim não hein.. hehe. Até porquê eles oferecem serviço de consultoria, corretor te abordar por telefone, indicar ações.. Mas se for esse preço mesmo, tá ótimo.
    E, não tenho absoluta certeza, mas eu acho que qualquer número de ações menor que um lote padrão vc vai pagar o fracionário… Qualquer coisa, pergunta pra eles..
    Falows!

  8. Spider_S4TO - 23 - J disse:

    ah é isso mesmo…. se o lote padrão for de 100 e vc comprar 90 ações, vc paga a taxa de corretagem para fracionário =D
    eu mandei um e-mail perguntando =)
    parece que encontrei uma corretora.
    'valeu iskilo


    .
    @jabour_rio, @iskilo666, @junior_cq,
    @cleverson, @piratacast, @baupirata