Facebook do Piratacast Twitter da Equipe Piratacast TV do Bau Piratacast, Diário de Bordo e Papo Pirata Feed do Site Feed do Podcast Assine no Itunes Entre em Contato

MSX – Você já ouviu falar?

26 / jul / 2009
Maycon (Jabour_rio)


MSX

O MSX foi lançado entre 1983 e 1984 como um micro que tinha som, imagem, economia de memória e de disco. A BIOS e o DOS foram produzidos na Microsoft (até por isso os comandos do MSX-DOS e MS-DOS são bem parecidos), e todo o Hardware foi desenvolvido no Japão. Foi criado um consórcio de empresas para manter o padrão independente da marca. No Brasil, somente a 1° geração de MSX (MSX-1) chegou através da Gradiente (Expert) e da Sharp (HotBit). Devido a esse atraso, muitos “micreiros das antigas” acham que o MSX foi somente isso.

MSX

3,6 Mhz de clock (1000 vezes menor que os PCs de hoje),

64k de ram (não é 64Mb, note bem)

e 16k de vídeo (Pcs de hoje = 512Mb)

O MSX-2, lançado em 1985, foi uma grande evolução do projeto original virando sucesso na Europa e Japão. A qualidade de vídeo que era 16 cores no MSX-1 evoluiu para 256 cores no MSX-2. (O PC nessa época tinha somente 4). Em 1988, ao MSX foi atribuído o título de “melhor microcomputador de 8 bits do mundo”. Nesse ano também foi lançado o MSX2+ e suas melhorias focavam novamente a parte gráfica (19268 cores simultâneas) além da melhor capacidade de geração de som. No PC, esse conceito de som, texto e imagens seria denominado de multimidia (Em meados de 1990). No ano de 1990 aconteceu o lançamento do MSX Turbo-R que tinha como caracteristica marcante, 2 CPUs na mesma arquitetura.

MSX

Em 1993, a Panasonic pára de fabricar o MSX alegando que o problema não era queda nas vendas, mas a empresa não tinha mais interesse em microcomputadores. Nesta época, já existiam os grupos de usuários que produziam software e hardware de qualidade para o MSX, sendo alguns aqui no Brasil. À partir desse momento os fãs e entusiastas começaram a organizar feiras e eventos só de MSX onde esses “micreiros” se reúnem, discutem, demonstram e vendem seus programas e equipamentos. O grupo MSXRio começou suas atividades como Brazilian MSX Crew no final de 1996. O nome foi inspirado num grupo de usuários inglês, o Royal MSX Force, e junto com a Crunchworks e o MSX Studies Institute (famosos grupos-de-usuário-de-uma-pessoa), organizaram e fizeram as primeiras edições da MSXRio.

Encontro de 1997 do MSXRIO

Encontro MSX-RIO 1997

Ontem (25/07/2009), ocorreu o “MSX in Rio 2009” e eu e Júnior fomos lá conferir e fazer essa cobertura para os leitores do BauPirata.com. Ao longo da semana traremos pra vocês vídeos, imagens, entrevistas e todas as nossas impressões sobre o que aconteceu no evento. Fiquem ligados!

Fonte sobre a história do MSX

LINKS RELACIONADOS:

MSX in Rio 2009 – Nós fomos!
MSX in Rio 2009 – Guanabara invade o Baú Pirata

Categoria(s): MSXinRio

11 marujos comentaram até agora...

  1. Cleverson disse:

    Vou comentar só pra dizer que você falaram grego pra mim.
    Sou novinho, da época de DOS em 386. =D E daqueles disquetão gigante.

  2. FrankCastle disse:

    Boa Jabour!

    Eu só ouço falar de MSX, quando falam dos jogos Metal Gear e Snatcher, os quais tiveram suas primeiras versões para esta plataforma.

    Vendo estas fotos de anúncio, lembrei de uma caixa da Revista Super Interessante que tenho aqui, são 15 anos de Revista escaneadas e nelas podemos ver além das matérias, os anúncios também, tenho certeza que já vi um anúncio do MSX em uma delas.

    *Esse primeiro cara da direita para esquerda não é tu não?
    A foto tá escura, mas de rosto lembrou o Jabour, heheh, pois não sei se ele mais mirradinho no passado, ou se sempre foi fortinho 🙂

  3. .
    .
    @FrankCastle
    .
    Cara… Eu até quis ir há 2 ou 3 encontros desses da galera do MSX am anos anteriores mas somente agora eu resolvi ir… Definitivamente não sou eu na foto… HEHEHE.
    .
    .

  4. FrankCastle disse:

    @Maycon (Jabour_rio)

    Hahaha, beleza!

    É que eu lembro que você é "micreiro" das antigas pelo que falou nos outros casts!

    Acho que meu primeiro contato com PC foi num curso de digitação em 97/98. E meu primeiro PC em casa em 2000.

    Acho foda essas histórias das antigas de PCs, alguém aí se lembra de um acessório para o Mega Drive chamado MEGA NET, onde você colocava um cartucho e ligava um cabo dele na linha telefônica para acessar a internet?

  5. Junior disse:

    Eu me lembro FrankCastle só que ele não acessava bem a internet e sim uma rede da empresa, que colocava noticias, um e-mail que só funcionava entre os usuários da rede, noticias, alguns jogos que podiam ser jogados em rede e chat entre os jogadores após os jogos, sendo que alguns desses recursos só existiam no Meganet 2, o curioso foi que o Bradesco criou um serviço no qual os seus clientes podiam adquirir um cartucho que acessava seu saldo e extrato em suas contas, mas este não tinha as funções do meganet, se você já teve um desses cartuchos (verdadeiros trambolhos) pode matar saudades nesse vídeo hilário pois uuuuuuuuuuu passado é agora http://www.youtube.com/watch?v=7AuLjTPj7L8 .

  6. Valéria Fla disse:

    Caraca… eu comecei minha vida nerd num Hotbit.
    Amava aquele comuputador e achava o MÁXIMO!
    ahahahaha
    Jogava Padeiro Maluco (Comic Bakery or something like that).
    Bons tempos que graças a Deus não voltam mais!
    ahahahahahaa

  7. Valéria Fla disse:

    Ah! E ainda fiz curso de BASIC pq era a linguagem do futuro!!
    ahhahahahahahahahahahahahahhaa

  8. Carlos Fernando disse:

    Meu segundo micro colorido foi o Hot-Bit, foi ali que aprendi Basic e Assembly Z80, excelente escola, a maioria que conheci nessa época virou excelente programador pois era como tirar leite de pedra programar com os 64kb paginados que só davam acesso a 16kb diretamente.
    Hoje olhando meus códigos de dezenas de milhares de linhas de código me dá uma certa vergonha de como a gente ficou preguiçoso como programador.

    E corrigindo o escorregão, a velocidade do Clock é mil vezes menor, não um milhão de vezes, infelizmente nem o desempenho ainda não é milhões de vezes maior. Mais rapidinho se chega lá.

  9. Carlos Fernando disse:

    Valéria: No começo da minha carreira como programador, o pessoal me criticava por programar BASIC e não Turbo Pascal ou Clipper. Anos depois veio o Visual Basic, mais ai já era tarde, já programava em C e Visual Foxpro.

  10. Edson Vilar disse:

    Amigos, o último post deste blog foi em 2009. O tempo passa e a vida continua. Espero que o MSX continue na imaginação e no tempo.


    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .