Facebook do Piratacast Twitter da Equipe Piratacast TV do Bau Piratacast, Diário de Bordo e Papo Pirata Feed do Site Feed do Podcast Assine no Itunes Entre em Contato

Piratacast 04 – Broxando no Cinema

30 / jun / 2009
Papagaio Pablito


PIRATACAST 04:

Broxando no Cinema

PARTICIPANTES:

Cleverson, Fábio, Jabour_rio, Iskilo666, Júnior, Sandroca, Sbriguiliu e Vole.

TEMA:

Sabe quando você começa e ler vários notícias sobre determinado filme e começa a se empolgar para vê-lo e quando chega no cinema fica decepcionado porque ele não é nada do que você esperava? Hoje nós discutiremos exatamente sobre isso… Filmes que fazem a gente broxar…

Nesse podcast onde estam presentes quase todos os integrantes da nossa grande equipe, cada um lembrou de algumas “broxadas no cinema” e convidamos vocês, nosso leitores e ouvintes, a comentar também quais filmes te supreenderam negativamente, principalmente após a visualização de devido a traillers e notícias espalhadas por aí…

E se você é de SP, não deixe de participar também da promoção de convites SPTerror/Bau Pirata. O sorteio dos convites é amanhã ao meio-dia. Ouçam maiores detalhes no podcast…

EDIÇÃO e TRILHA SONORA:

Sbriguiliu.

LINKS RELACIONADOS:

Promoção SPTerror/Bau Pirata
Twitter do Sbriguiliu – Resultado da Promoção em 01/07 – 12:00.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Piratacast 04 – Broxando no Cinema

Download MP3 64k

Quer ter todos os artigos do Baú Pirata e/ou os Piratacasts de
forma automática direto no seu computador? Assine nossos feeds!

Categoria(s): Piratacast

32 marujos comentaram até agora...

  1. A pior de todas foi O Apanhdor de Sonhos, uma bosta de filme, só valeu pelo animatrix que passou antes do filme. Parabéns pelo ótimo trabalho.

  2. Rafael Taxi Driver disse:

    ***Contém Spoilers***
    Tudo bem que existem críticas especializadas e opiniões pessoais, mas acho que certos filmes devem ser analisados com mais atenção para serem discutidos em seguida. Algumas coisas que foram comentadas, como por exemplo, o final do filme Presságio, de certa forma foge um pouco ao que o filme se propunha, mas acaba sendo a parte com mais fundamento de história verossímil do filme, sendo a base do final as passagens da Bíblia e tudo mais e com ousadia o filme acaba de vez com a humanidade como nenhum filme já tinha feito antes.
    Sobre o filme Max Payne, vocês comentaram que usaram tanto ‘’Bullet Time’’ que acabou ficando cansativo, eu discordo, já que o filme contém somente duas cenas com esse efeito, que é usado de forma catastrófica por quem os produziu, a cena do Max atirando com a Shotgun de costas com esse efeito é de extremo constrangimento.
    E para finalizar, gostaria de corrigir o amigo que falou que Nicolas Cage é sobrinho de Martin Scorsese, não, ele não é sobrinho dele, mas sim de outro diretor famoso, Francis Ford Coppola, o diretor da trilogia O Poderoso Chefão e Apocalipse Now, no mais foi um ‘’papo de bar’’ bacana e acabou sendo bem divertido escutar o podcast, porém falar mal de filmes só porque muitos estão falando mal acaba se tornando clichê e ainda outro mal, que muitas vezes não é necessário.
    Um abraço…!!!

  3. Salve, pirataiada.

    Já comecei a concordar com vocês só com as imagens escolhidas acima.

    Baixando.

    Abraços.

  4. fabio miklos disse:

    "Onde os fracos não tem vez"
    Excelente filme exceto pelo final BROCHANTE!
    Os irmãos Coen, cagaram geral no final do filme.
    O filme termina abruptamente e decepciona por não ter um fechamento decente para a estória.

    Como o já citado aqui,"O resgate do soldado Ryan"…
    FILME BOM QUE MERECIA UM DESFECHO MELHOR>

  5. Rafael Taxi Driver disse:

    Onde os fracos não tem vez acaba de forma abrupta porque a intenção dos irmãos Coen era justamente essa, deixar o espectador irritado sabendo que o assassino serial continuou vivo sem mostrar explicações…

  6. MioneTonks disse:

    Cara, adorei o novo cast, ñ é igual ao filecast mais a qualidade continua. Os temas foram muito bons, a divisão do cast só de comentários foi uma ótima mudança, adoro vcs, principalmente o Jaburu(kkkk) e a Sandra e tô com saudades da Jabourneide e da Flap, Flap, Flap(é uma homenagem, quando fica dando retorno,huahuahua). E boa sorte aí na nova casa!!!

  7. ZecaLoteiro disse:

    … e durante esse tempo Michael Morreu (ou não… conforme alguns fãs…) foda as piadinha com o falecido… aauahua, acontece…
    Nice o cast…..
    Parabéns.

    • .
      .
      @ZecaLoteiro
      .
      cara.. Isso foi muita coincidência… A gente gravou o cast no fim de abril… Eu mesmo nem lembro direito da primeira hora do cast porque ouvi esse trecho há tempos… Vou ouvir novamente… valeu aí pelo feedback…
      .
      .

  8. SARU disse:

    aee muito chamativo o tema! vou conferir depois posto!

    OOOOOOOOODEIO ir ao cinema e broxar no filme uheuheehheheee (sem malicia) mais isso aconteceu em o dia q a terra parou.

    bom, sucesso piratas vou ouvir….

  9. Tiago Tavonerd disse:

    Vale lembrar uma seqüência de filmes que não vale NADA: Quarteto Fantástico.
    Foda que eu, nerd burro, foi as duas vezes ao cinema..

  10. Dubari disse:

    Boa tarde a todos, como sempre muito bom o piratacast, lembrando de muitos filmes broxantes que com centeza nós fez pensar o que estou fazendo aqui, muitas vezes até domindo, o ultimo que assisti que literalmente dormi foi `dia dos na namorados macabro` horrivel, outro filme broxante foi Divã, para quem leu o livro só por Deus.
    No mais continue assim com esse trabalho maraviloso.

    Um beijo pra Sandroca e um salve pros cuecas.

  11. Fim dos Tempos foi uma grande desilusão minha. Até que esperava, vai.

  12. Opa baixando pra ouvir valeu pessoal!

  13. Livia Ramos disse:

    Eu adoro sempre ir ao cinema, mesmo quando o filme nao é tao bom…
    Mas me lembro quando fui ver “I Am Legend”.
    Totalmente desinformada, achei que era um filminho legal com o Will Smith (tipo “The Pursuit of Happyness”) rs ledo engano…
    No comeco ja levei um susto quando ao inves de trailers comecou a passar 8min do “The Dark Knight”… Pensei logo: What the hell? Entrei na sala errada? rsrs

    Depois quando comecou a aparecer os zumbis… humm deu vontade de sair e entrar em outra sala… rsrs

    Mas foi legal…

    xoxo
    Livia Ramos
    Toronto, CA

  14. C.Y.B.O.R.G disse:

    Antes de mais nada, parabéns pelo tema escolhido.
    E já vou dizendo, quase achei esse PirataCast broxante. Quando lançaram no twitter que tinha saído o podcast,vim correndo para fazer o download. Depois de baixado, fui ouvir com uma expectativa achando que seria broxadas de personagens que tiveram na hora "H" no cinema. (ééé não li a descrição) Começo a ouvir e não é nada do que imaginava, logo fui me adaptando, já que esse tema é "polemico" e agradavel (soltar pra fora a raiva, desabafar, xingar…) concordo com vcs sobre muitos filmes que mencionaram. Agora um filme que mencionado me deixou furioso, O Resgate do Soldado Ryan é preciosidade! (naãããooo)
    Fica abaixo alguns filmes na minha opinião broxanteeeeeeeeeeeeessssss!!!!! Abraços!

    – Max Payne – O Filme
    – Mutant Chronicles (Crônicas de Mutantes)
    – 007 – Quantum of Solace
    – The Punisher 2 – War Zone (O Justiceiro 2 – Zona de Guerra)
    – Underworld – Rise of the Lycans (Anjos da Noite – A Rebelião )
    – Dragonball Evolution
    – The Spirit – O Filme
    – X-Men Origens – Wolverine (X-Men Origins – Wolverine)
    – Transformers: Revenge of the Fallen (Transformers: A Vingança Dos Derrotados)

  15. O podcast ficou muito bom.
    Um tema bem interessante que rende muito assunto.

    Algumas considerações sobre Nicolas Cage:
    Bons tempos aqueles em que ele atuava em filmes bons. Eu sempre costumava dizer: "O filme é com Nicolas Cage? Então é bom. Pode ver sem medo." Hoje digo ao contrário: "É com Nicolas Cage? Não veja. Procure Outro."
    Alguns filmes que eu gosto muito são:
    Arizona Nunca Mais (Raising Arizona, 1987)
    A Outra Face (Face/Off, 1997)
    Con Air (Con Air, 1997)
    Cidade dos Anjos (City of Angels, 1998)
    60 Segundos (Gone in Sixty Seconds, 2000)
    Adaptação (Adaptation, 2002)
    O Senhor das Armas (Lord of War, 2005)
    O Sol de Cada Manhã (The Weather Man, 2005) – Não "O Homem do Tempo".
    Depois desse só veio bomba.
    Só gostei um poudo de Presságio (Knowing, 2009), e, como foi citado no podcast, só o final é que não ficou tão bom.
    Um abraço a todos.

  16. Jackson disse:

    Tema bem interessante, ainda vou ouvir. As duas maiores broxadas cinematográficas que tive, épicas mesmo, foram em adaptações de livros que gosto. Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban, considerado por muitos o melhor filme da série (coisa que não consigo conceber). Lembro que fui me emputecendo gradativamente e sai espumando no final, pois mudaram/cortaram/passaram muito rápido TODAS as coisas que eu achava legais no livro.

    A outra foi tudo isso elevado a infinita potência, pois era o meu livro preferido, Top 1 mesmo: Anjos e Demônios. DESTRUIRAM a história fantástica do livro. Sem dúvida o filme que mais me irritou ever.

  17. Átila dos San disse:

    Muito bom o papo, os filmes citados realmente, a maioria pra mim foi uma bela desilusão, mais discordei de alguns, como Homem-Aranha 3, que não foi ruim não, teve erros mas foi bom. Provavelmente muitos discordam, mas gostei da nova trilogia do Star Wars, talvez por eu ter visto antes da antiga. Só mais uma coisa, dois chutes no saco: Nicolas Cage é sobrinho do Coppola e não do Scorsese e o nome do filme não é O Homem do Tempo e sim O Sol de Cada Manhã.

  18. Salve, pirataiada.

    Algumas broxadas foram com os finais de Fim dos Tempos, Eu Sou a Lenda (os dois finais não me agradaram) e com Spirit (o filme todo).

    Tava achando estranhas as piadas com o MJ, até vocês explicarem que o cast já está gravado há um tempo. Não que seja proibido fazer piadas com ele agora que morreu, mas foi uma infeliz coincidência.

    Iskilo, tá maluco? Creio que, salvo engano, você seja o mais novo da turma do Piratacast, não? Só a pouca idade explicaria o fato de preferir a trilogia nova de Star Wars ao invés da trilogia clássica.
    Bem, gosto não se discute, mas fiquei espantado com essa.

    Abração.

  19. LexHorv disse:

    Muito trabalho, sem tempo pra nada, passando pra dar aquela comentada básica.

    Gosto pra filmes varia demais de pessoa pra pessoa, fui assistir Wolverine com a minha namorada e não gostei, ela adorou, pq será hein! hehehe.

    Por exemplo, até muitos filmes do Mau no Cabine Celular não concordo com as críticas, essa opção de aceitar ou não é particular. Todos tem suas razões, temos que respeitar.

    Vai existir filme que não da mesmo pra engolir, lixos, bombas e mais bombas.

  20. Saru disse:

    ADOREI, nossa curti muito esse piratacast haahahaa tri engraçado.

    Piratas tb gostam de HP o aeeeeee!!!! que venha o proximo filme!!!

  21. Filipe "MacLeod disse:

    Salve salve pirataiada !!!!
    Muito bom o cast .. muito legal mesmo esse tema…
    Concordei com muitos filmes citados …

    o Cage estava só dando bola fora, perigo em bancok, eu literalmente dormi no filme, mas achei muito bom presságio !!!

    Agora o filme mais broxante ever para mim foi Jumper .. fui na empolgação, os caras teleportam, trailer maneiro, o pior filme que eu já vi, nem o Samuel L jackson salva, o filme não tem história, não tem dinamismo, não tem nada que presta! quase pedi meu dinheiro de volta!

  22. Vocês precisam proibir o Iskilo de falar durante as gravações, o cara não acerta uma.
    Depois das sucessivas balas de canhão que recebeu no programa passado ao falar de Avatar, agora foi a vez de sofrer pelo Nicolas Cage. 🙂

    O cara é sobrinho do Coppola, gente. O sobrenome dele é Coppola. Ele usa Cage como nome artístico em homenagem ao Luke Cage, um personagem de quadrinhos que o cara gostava. O que me lembra, Cage adora quadrinhos. A coleção de gibis dele é uma monstruosidade e o sujeito é tão nerd que, como vocês falaram, batizou seu filho de Kal-El.

    Pelo menos Iskilo se salvou quando começou a falar de Harry Potter, mesmo dando uma canelada no meio do papo, mas que não lembro agora qual foi.

    Agora só uma coisa, eu entendo que a ideia era vender os livros do Harry Potter (motivo mais do que justo) mas se o tema é "filmes que te fizeram broxar", como é que vocês podem falar de um que nem estreou ainda?

    Não que eu tenha moral pra falar nada, afinal fiz um cast sobre Páscoa só pra vender chocolate através do link do Submarino. 😛

    Façam um cast só sobre Harry Potter e me chamem pra participar. Eu também li todos os livros, vi todos os filmes e curto pra caralho as histórias.

    Abraços,

  23. iskilo666 disse:

    Porra, não fui eu que falei que era sobrinho do Scorcese não, fiquei foi espantado quando falaram e acreditei…

    E falamos do Harry Potter pois é um filme que tá gerando muita espectativa, e como não estamos planejando fazer um cast só dele, comentamos nesse cast..

  24. Freakytooms disse:

    Muito bom o cast. Relembraram só filmes mais atuais. Seria legal terem citado algum filme das antigas pissiti.

  25. Thiago Belas disse:

    Parabéns pelo cast, acabei de conhecer e já está na minha lista de favoritos no itunes. Abraços e continuem com o bom trabalho!

  26. Gostei muito do cast pessoal, estão de parabéns,
    eu tb achei o presságio um ótimo filme mas o final estragou toda história, eu li os livros do harry potter do 1 ao 4, o 5 só comecei mas achei que saiu um pouco do contexto da história mas quero ler o 5 em diante então já comprei a coleção completa(clicando no banner de vcs $ :])

    é isso ai pessoal, valeu e mais uma vez parabéns!

  27. […] Ouça o podcast no Site Baú Pirata CategoriasPirataCast Comentários (0) Trackbacks (0) Deixe um comentário Trackback […]

  28. Guilherme Rodrigues disse:

    Caro Fabio Miklos, é preciso ter um pouco de prudência antes de sair por aí falando besteira em relação a uma obra artística, ainda mais (sem bajulação gratuita) quando o que está em questão é a filmografia dos dos Coen, e esses corajosos e muitas vezes pouco compreendido nomes do cinema atual, como é o caso desse “Onde os fracos não têm vez” (No country for old man), baseado em um romance homônimo igualmente genial. Não estou defendendo a qualidade dos filmes dos Coen, pois isso não está em questão aqui. O que quero aqui ponderar é a crítica impensada sobre um dos finais mais significativos do nosso cinema: aquele silêncio resignado do Xerife Ed Tom Bell, que é a dimensão da compreensão (e não de um julgamento de valor) de um universo-“ethos” que ele, o xerife, não entende em sua profundidade – como ele mesmo, na figura de narrador do filme, diz no início – e por isso aceita (não defende ou crítica, apenas vive e vê o que se lhe apresenta), pois sabe que “é assim”. Os Coens não “deixou no ar” o sentido final do filme, contando com uma cumplicidade do espectador, como se diz por aí, adotando o lugar-comum do “deixar para o leitor completar o sentido”, mas deu ao filme a única forma de dizer o que era preciso dizer sobre aquele “velho Oeste moderno”, simbolizado pelo personagem do Javier Barden, esse mundo onde quem ganha é o mais forte, o mais esperto – e foi isso que anos e anos de experiência e frustrações as gerações que precederam o xerife-narrador aprendeu (seu avô e seu pai, personagem do sonho que ele relata no final) e passou para seus descendentes.

  29. Digodk disse:

    Wow, deviam fazer quase três anos que eu não ouvia um piratacast, enfim, hoje acordei disposto a recuperar o tempo perdido. Então está aberto o desafio de comentar cada um dos casts haha

    O tema sem dúvida gera muita discussão, não me surpreenderia se eu encontrasse outro cast mais adiante sobre esse tópico. Eu tenho uma pontinha de orgulho em poder dizer que tenho um certo faro para filmes broxantes, até hoje só caí em um no cinema, que era guerra ao terror, aliás, acho difícil concordar com os vencedores dos 4 últimos oscars.
    Porém, como vocês falaram de Nicholas Cage, eu também tenho meu fraco, e o nome é Adam Sandler.
    Sandler tem duas personalidades, uma que faz filmes como Click e outra que faz filmes como Zohan e Funny People e outros tantos que eu tive a infelicidade de assistir achando que o ator garantia o filme.

    E falando em Nicholas Cage, eu gostei do senhor das armas, é um baita filme na minha opinião!
    E também vi essa semana o trailer do motoqueiro fantasma 2, que devia ter ficado no um mesmo mas, como vocês disseram, o cara é aficionado por heróis de HQ.
    Pra mim, um grande, GRANDE deturpador da experiência de ver um filme é o hype, a expectativa que criam em cima dele, pra mim não tem nada pior. Quando o filme tem muito bafafá em cima, em espero pra ver em casa, depois que a ‘polêmica’ tiver terminado.
    Vocês comentaram dos Aliens tapa-buraco em filmes e isso me fez lembrar da última pérola de Hollywood que foi Aliens e Cowboys, um filme que, pelo tema, podia ter recebida muitas outras versões melhores, mas eles fizeram questão de levar o assunto a sério, e aí a coisa toda foi pelo ralo. Assisti achando que teria um tom mais de comédia e convenci minha namorada a ver junto, levei esporro no final haha
    E só pra aquecer a discussão, pra mim sempre o livro será melhor que o filme, SEMPRE. E se eu li o livro, prefiro não ver a versão da telinha. Aprendi isso a duras penas vendo Código da Vinci (que era uma tragédia anunciada) e Harry Potter (assisti até a Câmara secreta, depois larguei de mão). Só para comentar o que o Skilo falou sobre o livro de Anjos e Demônios, realmente foi forçado, mas era o começo do Dan Brown, a gente tem que dar um desconto, já leu Fortaleza Digital? haha
    Não tive coragem de assistir Transformers 2 nem Homem de Ferro 2, embora precise assistir esse último pra poder ver avengers haha
    E por fim, vão me crucificar aqui, mas não dou bola nenhuma pra terminator, qualquer um deles, não sei porque, não acho nada de mais.

    Abraços!


    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .